Prepare o bolso: Petrobras aumenta preço da gasolina e do diesel nas refinarias; gás de cozinha fica 5,1% mais caro

Segundo a estatal, o repasse dos reajustes aos consumidores finais depende de uma série de questões

A segunda semana de fevereiro começa com a notícia de aumentos nos preços da gasolina, diesel e do GLP, o gás de cozinha. A Petrobras anunciou nesta segunda (08) um aumento de cerca de 8% no preço da gasolina vendida pelas refinarias para as distribuidoras. Com isso, o preço médio do litro do combustível subiu R$ 0,17 e passará a ser de R$ 2,25. A partir desta terça (09) o óleo diesel também fica mais caro com um aumento de 6,2%, 0,13 por litro, passando a custar R$ 2,24. Os aumentos não param por aí. A Petrobras também aumentou o preço do GLP (gás liquefeito de petróleo), o gás de botijão, em 5,1%, R$ 0,14 por kg.

Com o reajuste do preço, o gás de cozinha passará a custar R$ 2,91 por kg (ou R$ 37,79 por 13 kg). A estatal ressalta que os valores praticados nas refinarias pela Petrobras são diferentes dos percebidos pelo consumidor final no varejo. “Até chegar ao consumidor, são acrescidos tributos federais e estaduais, custos para aquisição e mistura obrigatória de biocombustíveis pelas distribuidoras, no caso da gasolina e do diesel, além dos custos e margens das companhias distribuidoras e dos revendedores de combustíveis”, informa nota divulgada pela companhia.

Com informações da Agência Brasil

VEJA MAIS

VEJA MAIS