Prepare o bolso! Pedágio da RJ-116 fica mais caro a partir de domingo (01/08)

Valor vai passar de R$ 6,30 para R$ 7,00 para carros de passeio. Rodovia tem quatro praças de pedágio, sendo uma em Cordeiro, uma em Nova Friburgo, uma em Cachoeiras de Macacu e uma em Itaboraí

Começa a ser cobrada à zero hora do próximo domingo, dia 1º de agosto, a nova tarifa básica do pedágio da RJ-116 (Itaboraí – Nova Friburgo – Macuco). O valor da tarifa básica passará de R$ 6,30 para R$ 7,00. O reajuste é anual e ordinário e faz parte do contrato de concessão estabelecido entre o Governo do Estado e a Concessionária Rota116 S/A, servindo para a continuidade das obras e serviços ao longo dos 140 quilômetros de concessão. O reajuste foi aprovado no dia 27 de julho, durante sessão regulatória da Agetransp (Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos e Transportes Aquaviários, Ferroviários e Metroviários e de Rodovias do Estado do Rio de Janeiro) e publicado no Diário Oficial desta sexta-feira, 30 de julho. A RJ 116 tem quatro praças de pedágio, localizadas nos quilômetros 1,9 em Itaboraí; 48,8, em Cachoeiras de Macacu; 90,4 em Nova Friburgo e 122,3 em Cordeiro.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

A tarifa de R$7,00 é para carros de passeio. Para caminhões e ônibus de até dois eixos a tarifa passa de R$ 12,60 para R$14,00. Veículos de três a seis eixos o valor passa de R$ 25,20 para R$ 28,00 e acima de seis eixos será cobrada a tarifa básica multiplicada pelo número de eixos do veículo. A Concessionária Rota 116 administra desde março de 2001, o eixo rodoviário formado por um trecho de 1,7 km da RJ 104 (Itaboraí) e a RJ 116, no trecho entre Itaboraí a Macuco totalizando 140 quilômetros de rodovia concedida. O atendimento ao usuário é feito ininterruptamente 24 horas por dia, com serviços de inspeção, reboque de veículos leves e pesados, caminhões para apreensão de animais e de combate a focos de incêndio. Os usuários contam com bases de apoio em diferentes trechos da rodovia e são feitos investimentos na conservação e manutenção da sua malha rodoviária.

VEJA MAIS

VEJA MAIS