Prefeitura de Macuco e moradores lamentam morte de conselheira tutelar e professora

Como homenagem póstuma, a Prefeitura de Macuco decretou luto oficial de dois dias; a conselheira Rosângela morreu em decorrência de complicações da Covid-19

O município de Macuco, na Região Serrana do Rio, está de luto devido às mortes de duas servidoras. Uma delas é a Conselheira Tutelar, Rosângela Gomes Pacheco, que atuou durante anos nesse cargo e atualmente estava como subsecretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos. De acordo com a Associação de Conselheiros Tutelares do Estado do Rio, Rosângela morreu em decorrência de complicações da Covid-19. “A ACTERJ lamenta profundamente e solidariza-se com a família enlutada. Que Deus possa confortar a família e amigos neste momento difícil” – publicou a associação. A outra servidora é a professora aposentada do estado, Alice Mansur Espíndola Ferreira Alves da Silva; a causa da morte não foi informada.

Segundo nota de condolências da prefeitura de Macuco, ambas atuaram de forma exemplar em suas profissões e deixaram suas marcas registradas ao contribuir com o progresso do município. “A Gestão Municipal decretou Luto Oficial de dois dias como homenagem póstuma e reitera o registro do desejo de conforto aos seus familiares e amigos, externando ainda toda a solidariedade nesse momento difícil de enfrentamento à dor e consternação naturais da perda de um ente querido e orando pela acolhida de Deus a ambas” – diz trecho da nota. “Muito merecida a homenagem a essas grandes profissionais. Que Deus as receba em seus braços e que elas descansem em paz! Meus sinceros sentimentos aos familiares e amigos!”; “Rose uma guerreira, dona Alice me deu aula… Lembro do sorriso dela… Vamos rezar pelas almas delas e pelas famílias, Deus conforte a todos” – comentaram alguns moradores.

VEJA MAIS

VEJA MAIS