Portal dos Procurados oferece recompensa por acusado de triplo homicídio em Monnerat; polícia faz buscas

O pai dele, que também estaria envolvido no crime, foi preso nesta quarta-feira (05). Os dois são acusados de matar três pessoas dentro de um bar

A Polícia Civil segue fazendo buscas pelo segundo envolvido no crime mais bárbaro já praticado no município de Duas Barras. Werveton Trigo Emídio, de 34 anos, é acusado de envolvimento em um triplo homicídio ocorrido em um bar no distrito de Monnerat. Nesta sexta-feira (07) o Portal dos Procurados divulgou o cartaz oferecendo recompensa para que a população possa ajudar a polícia a encontrar o procurado. Veja como ajudar abaixo:

  • WhatsApp do Portal dos Procurados: (21) 98849-6099;
  • (21) 2253 1177 ou 0300-253-1177;
  • APP “Disque Denúncia RJ”;
  • Facebook/(inbox): https://www.facebook.com/procuradosrj/;
  • https://twitter.com/PProcurados (mensagens).
  • Celular e WhatsApp  da delegacia de Duas Barras (22) 9.8831-8030
  • O anonimato é garantido.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

continua após a imagem

O pai dele, que também estaria envolvido no crime, foi preso nesta quarta-feira (05/05). Foram doze anos de incessantes buscas, e nesta quarta, os agentes da delegacia cumpriram o mandado de prisão preventiva contra o suspeito, que foi encontrado em Realengo (veja o vídeo no final). De acordo com as investigações, em maio de 2009, pai e filho, em razão de rixa pessoal com duas das vítimas, ingressaram em um bar e um deles passou a efetuar diversos disparos de arma de fogo na direção das pessoas que estavam no estabelecimento. As vítimas foram identificadas como Eder Silva Souza, Paulo Trigo de Souza e Ivair da Silva Lessa.

Ainda de acordo com as investigações, uma testemunha contou que não houve possibilidade de reação por parte das vítimas. Os suspeitos teriam ingressado no estabelecimento já atirando, sendo que, após disparos iniciais, o homem preso nesta quarta teria pedido ao filho que retornasse para “conferir” se as vítimas estavam mortas, atirando novamente nas vítimas que já agonizavam. Com o inquérito concluído e encaminhado à justiça, foram expedidos mandados de prisão para os suspeitos e, desde então, a polícia faz buscas pelos suspeitos, sendo um deles preso nesta quarta. De acordo com o delegado responsável, Dr. Diogo Schettini, o filho está foragido há 12 anos e três meses. “Não adianta. A polícia não tem memória curta! Mais cedo ou mais tarde a Polícia Civil vai achar quem comete tais tipos de crimes!” – disse o delegado. A polícia ainda busca o outro foragido da justiça, filho do suspeito preso hoje, e nas palavras do delegado, é questão de honra para a Polícia Civil dar essa resposta ao crime mais bárbaro já praticado no município de Duas Barras.

https://www.instagram.com/tv/COfjKh7j0wc/?utm_source=ig_web_copy_link

 

VEJA MAIS

Anvisa determina recolhimento de lotes interditados da vacina CoronaVac

Mais de 12 milhões de doses foram envasados em fábrica não autorizada pela Agência e tinham sido interditadas no início do mês. É importante ressaltar que a CoronaVac permanece autorizada no país e possui relação benefício-risco favorável ao seu uso no Brasil

VEJA MAIS