segunda-feira , 13 julho 2020

Ponte Metálica de São Fidélis é reaberta após quase nove meses fechada para obras Reabertura foi autorizada após vistoria da Caixa Econômica nesta quarta (27). Até então, pedestres e ciclistas precisavam dividir espaço com veículos na "ponte nova"

Reabertura foi autorizada após vistoria da Caixa Econômica nesta quarta (27). Até então, pedestres e ciclistas precisavam dividir espaço com veículos na "ponte nova"

Fotos: SF Notícias/ Evangelista Drone

A Prefeitura de São Fidélis, no Norte Fluminense, reabriu nesta quarta-feira (27/05) a Ponte Walter Velasco, popularmente conhecida como “Ponte Metálica”. Conforme noticiado pelo SF Notícias mais cedo, a administração municipal aguardava apenas uma vistoria e liberação da Caixa Econômica para que a ponte fosse reaberta. Representantes da Caixa estiveram no local nesta quarta e autorizaram a reabertura. A entrega das obras de reforma e pintura contou com a presença do Prefeito Amarildo Alcântara, vice-prefeito José Willian, secretário de Obras e Urbanismo, Adriano Maia, entre outros secretários, e representantes de entidades religiosas. Os pedestres e ciclistas que precisam fazer a travessia entre o Centro do município e a Ipuca já começaram a utilizar a Ponte Metálica. Até então, eles precisavam dividir espaço com veículos na “ponte nova”, sem segurança. (continua após a publicidade)

A “ponte de um carro só”, que é considerada um cartão postal da “Cidade Poema”, foi fechada para obras de revitalização, em junho de 2011, e o prazo de conclusão era de seis meses. Entretanto, a ponte só foi reaberta – sem que a obra estivesse totalmente concluída – quase três anos depois, em abril de 2014. Nesse período, a obra ficou por muito tempo parada e abandonada. A ponte voltou a ser fechada em agosto de 2019, para o início das obras de reforma geral e pintura especializada. Ao SF Notícias, o secretário de Obras e Urbanismo, Adriano Maia, informou que o município já está buscando recursos para fazer a restauração da parte inferior, o que poderá ser feito sem que a ponte seja fechada novamente. Ele ressaltou que a parte superior não apresenta riscos para pedestres e ciclistas, já que ela está desativada para trânsito de veículos. “O foco principal é tirar a população do risco. Temos um parecer da Defesa Civil, da engenharia da Defesa Civil, dizendo que ela não oferece risco, já que não é mais para tráfego pesado. Em momento algum estamos nos omitindo a fazer as recomendações do Inepac. Foi feita a recuperação do tabuleiro, onde realmente havia risco de desmoronamento, mas ele foi recuperado”. Reveja AQUI.

Mais do SFn