Polícia procura por tesoureiro da Câmara de Miracema, acusado de estupro contra crianças de 8 e 11 anos

Segundo a polícia, ele teria oferecido dinheiro as crianças, mantendo relação sexual com as vítimas - uma menina de 11 anos e um menino de 8 anos - em um motel. Acusado foi exonerado do cargo nesta segunda e segue sendo procurado

imagem: divulgação Polícia Civil

A Polícia Civil de Miracema, no Noroeste Fluminense, está à procura do então tesoureiro da Câmara de Vereadores de Miracema, Moises Alves de Matos, de 44 anos. Ele é suspeito de estupro de vulnerável contra duas crianças; uma menina de 11 anos e um menino de oito. A informação foi divulgada à imprensa pelo delegado titular da 137ª Delegacia de Polícia de Miracema, Dr. Gésner César Bruno. O mandado de prisão preventiva foi expedido pelo plantão judicial da Comarca da Capital.

De acordo com o delegado, o procurado teria oferecido dinheiro as crianças, mantendo relação sexual com as vítimas em um motel na noite da última sexta-feira (06/08) em Miracema. As crianças teriam entrado abaixadas, no banco de trás do veículo. O crime foi descoberto porque o acusado, segundo o delegado, teria mandado uma das vítimas (o menino) filmar o ato, mas a criança acabou postando um pequeno vídeo no perfil do Instagram do procurado. O delegado informou ainda que o homem apagou o vídeo rapidamente, mas o vídeo já havia sido baixado por moradores. O caso chegou ao Conselho Tutelar, que acionou a polícia.

Buscas
Imediatamente a delegacia iniciou as investigações e buscas. Os policiais estiveram no motel e recolheram imagens do circuito de monitoramento, comprovando que o homem entrou no motel com seu veículo. Os policiais também tiraram fotos do quarto apontado pelas vítimas e compararam às imagens do vídeo compartilhado, comprovando a veracidade dos fatos.

Ainda de acordo com o delegado, como não foi encontrado até o momento, Moises já é considerado foragido da Justiça. As investigações apontam que este não foi um fato isolado, e que as crianças teriam sido vítimas do indiciado em outras ocasiões. Quem tiver informações sobre o paradeiro do procurado deve entrar em contato com a polícia através da delegacia de Miracema (22) 3852-1977, ou através da Polícia Militar, pelo 190.

“A polícia agradece aos populares que baixaram o vídeo e apresentaram a polícia, atitude legitima e de cooperação com a polícia, mas agora que o vídeo já está nas mãos da polícia, ninguém pode guardar esse vídeo, sob pena de estar cometendo crime. A Polícia pede que todos apaguem esse vídeo e não mais compartilhem, sendo legitimo apenas o compartilhamento para a polícia” – destacou o delegado.

O delegado informou ainda que a delegacia de Miracema tem recebido diversas informações de que essas duas crianças não são vítimas isoladas do indiciado. “Pedimos para que os responsáveis procurem a delegacia em caso de suspeita, por mínima que seja”, concluiu o delegado, dizendo ainda que a intimidade dos pais e das crianças será preservada.

Exoneração
Nesta segunda-feira (09), a Câmara Municipal de Vereadores de Miracema publicou um comunicado oficial (imagem acima) onde o presidente da casa legislativa, Fabrício de Sá Xavier, exonera Moises Alves de Matos do cargo em comissão de tesoureiro da Câmara.

VEJA MAIS

VEJA MAIS