Polícia Federal deflagra operação contra o abuso sexual infantil e cumpre mandados em Campos e Macaé

Operação "A Caçada" busca combater o abuso sexual infantil e a produção, posse e compartilhamento, pela internet, de fotografias e vídeos de violência sexual infanto-juvenil

A Polícia Federal deflagrou, na manhã de hoje (08), a Operação “A Caçada” para combater o abuso sexual infantil e a produção, posse e compartilhamento, pela internet, de fotografias e vídeos de violência sexual infanto-juvenil. Os policiais federais cumprem seis mandados de busca e apreensão, em cinco municípios do estado: Rio de Janeiro (Tijuca), Niterói, Volta Redonda (02 MBA), Macaé e Campos dos Goytacazes. A PF, com a utilização de ferramentas específicas e monitoramento, identificou uma rede que distribuía para pessoas de diversos países, arquivos com cenas de abuso e de exploração sexual de crianças e adolescentes.

As investigações contaram com a cooperação da Interpol/Roma, que encaminhou informações obtidas pela Unidade de Crimes Cibernéticos em Milão, o que demonstra que o crime cibernético não tem fronteiras, mas que a polícia tem ferramentas e tecnologia para identificá-lo. Os materiais apreendidos, em especial os equipamentos eletrônicos, como notebooks, HD’s e celulares, serão submetidos a exame pericial para o aprofundamento das investigações, de forma a identificar vítimas, outros criminosos e crimes praticados. Destaca-se que o simples fato de armazenar material com cenas de abuso sexual infantil, ainda que não haja o seu compartilhamento, por si só, já configura o crime previsto no artigo 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente. Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pelas 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro/RJ, 2ª Vara Federal Criminal de Volta Redonda/RJ e 2ª Vara Federal Criminal de Niterói/RJ.

VEJA MAIS

VEJA MAIS