Petroleiro que trabalhava na Bacia de Campos morre vítima da Covid-19 em hospital de Friburgo; diz Sindipetro-NF

Ele estava internado há um mês em um hospital de Friburgo, cidade onde morava, e onde será realizado o sepultamento
Foto: Reprodução/ redes sociais

Morreu na madrugada desta segunda-feira (17/08) o petroleiro Jonas Barbosa do Espírito Santo, de 54 anos, vítima de infecção decorrente do novo coronavírus. Segundo o Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense, Sindipetro NF, Jonas era operador da Petrobras na plataforma P-43, na Bacia de Campos dos Goytacazes, e estava internado há um mês em um hospital de Nova Friburgo, cidade onde morava. “Muito atuante nas lutas sindicais e sociais, Jonas está sendo lembrado pelos seus colegas de trabalho como “grande militante da esquerda de Nova Friburgo e guerreiro da P-43. Sua presença era frequente nos congressos da categoria petroleira. O trabalhador, que somava 17 anos de atuação na companhia, era casado e deixa três filhos e um neto” – publicou o Sindipetro. (continua após a publicidade)

Em uma rede social, os trabalhadores da plataforma deixaram registrado o impacto a bordo provocado pela notícia do falecimento de Jonas: “Um silêncio estarrecedor tomou conta da sala de controle da P-43 nesta noite, 17/08/2020. Ao adentrar a sala e ver o Geplat com a equipe reunida a ficha caiu, por minutos nada se ouviu, um silêncio de rasgar o peito em dor. Nosso amigo Jonas partiu e não se despediu, nem de nós e nem da esposa e filhos, tudo isso por causa de um vírus. Logo ele que nunca economizou palavras para se expressar e partiu assim.” – diz uma das publicações. O Sindipetro-NF manifestou as suas condolências aos amigos, colegas de trabalho e familiares de Jonas. Segundo a família, como os testes recentes do petroleiro apontavam negativo para a possibilidade de transmissão da Covid-19, o velório está sendo realizado no Nova Friburgo Memorial SAF e o sepultamento será no Cemitério São João Batista, também em Friburgo.

VEJA MAIS

VEJA MAIS