Pássaros apreendidos são devolvidos à natureza no Parque do Desengano

As aves passaram por avaliação veterinária e só depois foram soltas; confira como fazer denúncias de crimes ambientais no estado

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea), através do Parque Estadual do Desengano, realizou a soltura de dez pássaros que foram apreendidos em municípios do Norte e Serra do Rio. Segundo o Inea, os animais soltos foram resultados de duas apreensões distintas, quatro coleiros apreendidos em Campos dos Goytacazes e 06 apreendidos em Duas Barras, sendo dois Trinca Ferro, um Azulão, um coleiro, um Tiziu e um coleiro do brejo. Ainda de acordo com o Inea, as aves passaram por avaliação veterinária e só depois foram soltas na zona de amortecimento do Parque. “Lugar de passarinho é na natureza” – destaca um dos guarda-parque.

continua após o vídeo

O Parque do Desengano (PED) tem 22.400 hectares de extensão entre os municípios de Santa Maria Madalena, São Fidélis e Campos, e outros 22.400 de Zona de Amortecimento ao seu redor, área que ajuda a proteger o PED. A população pode fazer denúncias de crimes ambientais em todo o Estado do Rio ao Linha Verde por meio dos telefones 0300 253 1177 (interior, custo de ligação local), 2253-1177 (capital), ou através do aplicativo para celulares “Disque Denúncia Rio”, onde usuários com sistema operacional Android ou iOS podem denunciar anexando fotos e vídeos, com a garantia de anonimato.

VEJA MAIS

VEJA MAIS