Pádua registrou mais de 400 novos casos e 08 mortes por Covid neste mês; toque de recolher está em vigor

Devido ao aumento expressivo no número de casos e de internações, além da dificuldade para conseguir transferir pacientes, a Prefeitura Municipal decretou toque de recolher

Imagem: Wagner Rodrigues

Um número assustador. Entre o dia primeiro de março até esta sexta-feira (12/03), Santo Antônio de Pádua, no Noroeste Fluminense, registrou 409 novos casos de coronavírus. No mesmo período a Secretaria Municipal de Saúde confirmou 08 mortes de pacientes diagnosticados com a doença. Uma morte foi confirmada no dia 02; três mortes foram confirmadas no dia 04; mais uma morte foi confirmada no dia 08 e outra no dia 11; nesta sexta foram confirmadas ainda mais 02 mortes. Até ontem Pádua contabilizava 3.334 casos confirmados desde o início da pandemia. Desse total, 2.937 pessoas se recuperaram e 73 perderam suas vidas. No momento há 324 casos ativos e 274 casos suspeitos em investigação, entre eles cinco mortes suspeitas. O boletim de ontem contabilizava 31 pessoas internadas, sendo 20 em Pádua e 11 em outras cidades.

Devido ao aumento expressivo no número de casos e de internações, além da dificuldade para conseguir transferir pacientes, a Prefeitura Municipal decretou toque de recolher na última quarta-feira (10), entre 18h e 6h. O objetivo é restringir o funcionamento para atendimento presencial dos estabelecimentos comerciais e de profissionais liberais, ambulantes e qualquer outra atividade profissional ou particular, com exceção do funcionamento dos serviços tidos como essenciais. A restrição não se aplica às entregas (delivery), terminais rodoviários, farmácias, postos de gasolina, limpeza pública, manutenção urbana e serviços de saúde. Em uma transmissão ao vivo realizada pelo prefeito Paulo Roberto Pinheiro, o diretor do Hospital Hélio Montezano de Oliveira informou que a unidade atingiu o nível máximo de lotação do CTI Covid-19, e que há uma grande dificuldade para conseguir transferências. O toque de recolher deve vigorar por sete dias, veja mais detalhes AQUI.

VEJA MAIS

VEJA MAIS