Operação contra o tráfico, em Itaocara, termina com 18 presos

Operação foi comandada pelo delegado Rodrigo Maia. Dos 18 mandados de prisão expedidos pela Justiça, todos foram cumpridos, sendo que 3 pessoas já estavam presas. A justiça também expediu outros 14 mandados de busca
Imagens: Polícia Civil

Subiu para 18 o número de mandados de prisão cumpridos durante uma megaoperação contra o tráfico de drogas realizada pela Polícia Civil nesta quarta-feira (25/11) em Itaocara, no Noroeste Fluminense. Ao todo, foram expedidos 18 mandados de prisão preventiva e 14 de busca e apreensão. Segundo a Polícia Civil, todos os mandados foram cumpridos. Entre os mandados de prisão, três eram destinados para pessoas que já estavam presas, entre elas, um homem que é apontado como chefe de uma facção criminosa da região. Além de policiais civis da 135ª DP de Itaocara, policiais de outras delegacias da região participaram da operação. Coordenados pelo delegado Dr. Rodrigo Maia, os agentes se concentraram na delegacia de Cambuci, para não alarmar os traficantes de Itaocara, e seguiram para o município vizinho.

continua após o vídeo

A operação denominada “Assepsia” também conta com apoio do Grupo de Apoio aos Promotores de Justiça do Ministério Público (GAP/MPRJ) e com a participação de policiais militares do 36º BPM e equipes das guardas municipais de Campos, Casimiro de Abreu, Rio Bonito e Carapebus, com cães farejadores. No dicionário Michaelis, o termo “Assepsia” significa “ausência de infecção e de agentes infecciosos ou patogênicos”. Segundo a Polícia Civil, o nome da operação faz uma alusão a limpeza da cidade; a retirada de criminosos das ruas.

VEJA MAIS

VEJA MAIS