Muro desaba durante chuva forte e atinge carro em Cordeiro

Nas redes sociais, moradores também relatam um deslizamento de terra no Constantino. Outros vídeos mostram um grande volume de água descendo por ruas dos bairros Recanto das Palmeiras e Alto do Retiro
Imagens: redes sociais

Um muro de contenção desabou durante uma chuva forte que atingiu o município de Cordeiro na tarde desta quinta-feira (10/12). O desabamento aconteceu no bairro Panair. O muro atingiu um automóvel que estava estacionado na rua. Segundo o secretário de Defesa Civil do município, Ailton Taveira, não houve vítimas. Nas redes sociais, moradores também relatam um deslizamento de terra no bairro Constantino. Outros vídeos mostram um grande volume de água descendo por ruas dos bairros Recanto das Palmeiras. e Alto do Retiro. A rua virou um rio com correnteza.

continua após o vídeo

A Zona de Convergência do Atlântico Sul continua bastante ativa sobre a Região Sudeste do Brasil nesta quinta-feira (10/12), segundo a Climatempo. Com isso, a chuva vai continuar frequente e há risco de chuva forte e volumosa. Devido ao volume de chuva excessivo que vem sendo acumulado desde o início dessa semana, o risco de transbordamento de córregos e rios, alagamentos em centros urbanos e também deslizamentos de terra podem começar a ocorrer nos próximos dias, ainda segundo a Climatempo. O Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) e o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) voltaram a emitir alertas para cidades da região. Segundo o CPTEC, “ocorrerão pancadas de chuva de moderada a forte intensidade e acompanhadas de raios entre a tarde e a noite desta quinta-feira (10/12). Localmente a chuva poderá vir acompanhada de rajadas de vento de forte intensidade e/ou queda de granizo”, diz o alerta.

O aviso do CPTEC abrange Aperibé, Bom Jardim, Cambuci, Cantagalo, Cordeiro, Duas Barras, Itaocara, Itaperuna, Laje do Muriaé, Macuco, Miracema, Natividade, Nova Friburgo, Porciúncula, Santa Maria Madalena, Santo Antônio de Pádua, São José de Ubá, São Sebastião do Alto, Trajano de Moraes, entre outras cidades. Já os alertas do Inmet, além das cidades citadas também abrangem São Fidélis, Campos dos Goytacazes, São Francisco de Itabapoana, São João da Barra e outras. Em grande parte do Norte e Noroeste Fluminense o alerta é de perigo para chuvas intensas entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, e ventos intensos (60-100 km/h). Há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas. Já para municípios da Região Serrana o instituto prevê chuva entre 20 a 30 mm/h ou até 50 mm/dia.

VEJA MAIS

VEJA MAIS