Mulher morre diagnosticada com Covid-19 em Cantagalo; é a sétima morte do mês

Entre os dias 03 de dezembro de 2020 e o dia 23 de janeiro de 2021, 16 mortes foram confirmadas no município

A Prefeitura de Cantagalo, na Região Serrana do Rio, confirmou no último sábado (23) mais uma morte de paciente diagnosticado com coronavírus, elevando para 18 o número total de mortes registradas no município desde o início da pandemia. A vítima, segundo dados do boletim epidemiológico, é uma mulher com faixa etária entre 40 a 49 anos. Só neste mês de janeiro, sete pessoas morreram diagnosticadas com a doença em Cantagalo.

Desde o início da pandemia até hoje, o município confirmou 1.267 casos de Covid-19, sendo que 1.187 pessoas já se recuperaram e 18 morreram. No momento há 62 casos ativos da doença, sendo que 57 estão em isolamento domiciliar e cinco em isolamento hospitalar. Dos cinco internados, um paciente está em Cantagalo e quatro em outros municípios.

Mortes neste mês
No dia 03 de janeiro o município confirmou duas novas mortes; as vítimas foram dois idosos, sendo uma mulher e um homem, ambos com faixa etária entre 70 e 79 anos. No dia 11, a prefeitura confirmou a morte de mais um idoso, um homem com faixa etária entre 70 a 79 anos. No dia 15 outra morte foi confirmada; a vítima foi mais um idoso do sexo masculino com faixa etária entre 60 a 69 anos. Já no dia 16 foi confirmada a morte de mais um idoso, também com faixa etária entre 60 a 69 anos. No dia 21 foi confirmada mais uma morte, de um homem com faixa etária entre 50 a 59 anos. A sétima morte do mês foi confirmada no sábado, dia 23. A vítima é uma mulher com faixa etária entre 40 a 49 anos.

VEJA MAIS

VEJA MAIS