Moradores se unem e criam ‘mesa solidária’ em São Fidélis Eles também já distribuíram quase 40 cestas básicas para famílias da cidade e material de limpeza para uma instituição do município. Eles também distribuíram máscaras para garis e alguns profissionais da área da saúde 

Eles também já distribuíram quase 40 cestas básicas para famílias da cidade e material de limpeza para uma instituição do município. Eles também distribuíram máscaras para garis e alguns profissionais da área da saúde 

Fotos: divulgação

A pandemia tem mexido com o sustento de milhares de brasileiros. Muitos perderam seus empregos ou viram a sua renda cair bruscamente e já não conseguem pagar suas contas ou comprar o essencial. Pensando em ajudar aqueles que necessitam, moradores da Praça do Erasto, em São Fidélis, no Norte Fluminense, criaram (neste sábado 22) uma ‘mesa solidária’. Eles colocaram alimentos e materiais de limpeza em uma mesa da praça. Quem realmente estiver precisando pode passar pelo local e pegar aquilo que necessita. Já quem puder doar, é só passar pela praça e deixar as doações na mesa. Há uma placa no local dizendo: “Se puder doe; se precisar pegue”. Ao SF Notícias, Yanna de Moura contou que todos moradores ajudaram a montar a mesa. “A Genilsa colocou um pano e a placa, e nós [moradores] fomos colocando os alimentos” – disse. (continua após a publicidade)

Além da mesa, Yanna também fez outras ações para ajudar a quem precisa. Há dois meses, ela e uma vizinha tiveram a ideia de trocar máscaras por alimentos. A vizinha chamada Zuleika Primo, que não sabia costurar, aprendeu e conseguiu produzir mais de 500 máscaras, que foram doadas em em troca de alimentos. Ao todo, Zuleika conseguiu produzir 506 máscaras. A cada um quilo de alimento, o doador ganhava duas máscaras. (continua após a publicidade)

Os alimentos foram suficientes para montar 39 cestas básicas. As duas, com ajuda de mais quatro amigos [Bruno, Maria Clara, Tatah Deluque e Edson Viana], montaram as cestas e entregaram para várias famílias carentes de São Fidélis e até de outra cidade. O grupo também conseguiu doar materiais de limpeza para o Lar dos Idosos, além de doar máscaras para funcionários que atuam na área da limpeza e da saúde da cidade.

Mais do SFn