Moradores de Cordeiro e Macuco lamentam a morte do pastor Celino, da Assembleia de Deus

Pastor faleceu nesta terça (07) aos 79 anos. Cortejo fúnebre reuniu vários carros e músicos homenagearam o pastor no último adeus

Os municípios de Cordeiro e Macuco, na Região Serrana do Rio, estão de luto pela morte do pastor Celino Pereira da Silva, aos 79 anos. Muito querido nas duas cidades, o pastor faleceu nesta terça-feira (07/09). Em nota publicada no Facebook, a Primeira Igreja Assembleia de Deus Ministério de Cordeiro informou que o pastor serviu ao Senhor por mais de 60 anos e trabalhou por mais de 40 anos no Ministério de Cordeiro “com amor, zelo e dedicação”. Atualmente, o pastor ocupava o cargo de 2º vice-presidente do campo eclesiástico da Assembleia de Cordeiro e pastoreava a Assembleia em Macuco, Setor 2.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Também nas redes sociais a Prefeitura de Macuco publicou uma nota de pesar pela morte do pastor. “A Prefeitura de Macuco – por intermédio do prefeito Bruno Boaretto, da vice Michelle Bianchini, dos secretários de Governo, do Funcionalismo Municipal e falando também em nome da comunidade cristã macuquense – registra suas condolências e externa sua solidariedade a familiares e amigos do PASTOR CELINO PEREIRA DA SILVA, pelo seu falecimento. Servo incontestável de Deus, propagador assíduo das obras do Senhor e disseminador contumaz da Palavra de Cristo, Pastor Celino teve como propósito de vida semear o bem e a fraternidade entre seus semelhantes, sempre com comprometimento espiritual no exercício de suas atividades eclesiásticas, expressando-se através de mensagens positivas e sempre reconfortantes!” – diz trecho da publicação.

Moradores das duas cidades também lamentaram o falecimento do pastor. “Que Deus console os corações de todos nós! PR Celino foi um grande homem de Deus, um grande exemplo! Pastor amoroso, zeloso, presente, conselheiro, amigo, ensinador… Quanta falta fará o nosso amado pastor! O que nos conforta é saber que está descansando nos braços do Pai.” – diz um dos comentários. O cortejo fúnebre reuniu vários carros e em um mini trio, músicos da banda da Primeira Igreja Assembleia de Deus de Cordeiro homenagearam o pastor.

VEJA MAIS

VEJA MAIS