Miracema fica em 1º lugar no Índice de Oportunidades da Educação Brasileira no Estado do Rio

Miracema apresentou nota 5,4, superando as médias estadual (4,9) e nacional (5,0) no IOEB. O Secretário de Educação de Miracema, o professor Charles Magalhães, falou ao SF Notícias sobre a conquista; veja o vídeo

Miracema, no Noroeste Fluminense, conquistou o 1º lugar no Índice de Oportunidades da Educação Brasileira – IOEB 2021 no Estado do Rio de Janeiro. O resultado foi divulgado recentemente, e Miracema apresentou nota 5,4, superando as médias estadual (4,9) e nacional (5,0) no IOEB, que analisa as oportunidades oferecidas para crianças e jovens desde a Educação Infantil ao Ensino Médio de todas as redes educacionais do município. O IOEB indica as oportunidades educacionais oferecidas para todas as crianças e jovens em um município ou estado. Inclui tanto informações referentes à qualidade da oferta para alunos que frequentam as redes públicas e privadas como também informações referentes àquelas crianças e jovens que não frequentam a escola. Possibilita uma visão integral do território, incorporando aspectos de domínio cognitivo individual, mas também aspectos sistêmicos, que podem contribuir para o fortalecimento do regime colaborativo no país.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Secretário Municipal de Educação, Charles Magalhães

Na última avaliação do IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), Miracema também ocupou o topo do ranking com os resultados de 5,9 para o Ensino Fundamental II e 6,1 para o Ensino Fundamental I. O município tem organizado seminários externos para compartilhar experiências e inspirar outras redes de ensino, e continua buscando aperfeiçoar sua política educacional com novos currículos para a Educação Infantil e para o Ensino Fundamental, aliados ao desenvolvimento das competências socioemocionais para a formação integral dos estudantes.

continua após a imagem

“Desde que assumimos a gestão em 2017, o governo do Prefeito Clovinho Tostes (Solidariedade), tem conseguido avançar em pautas administrativas, como reforma em escolas, climatização das salas de aulas, implementação de plano de carreiras com pagamento da proporcionalidade do Piso Nacional dos Professores e em pautas pedagógicas como a implementação de horário para formação/planejamento semanal, aplicação mensais de avaliações pela equipe da SME e formação continuada para os professores agrupados por ano de escolaridade, o que fortalece as políticas públicas educacionais” – destacou o Secretário Municipal de Educação, o professor Charles Magalhães.

Neste ano, mesmo diante de todas as dificuldades impostas pela pandemia, o município autorizou o retorno das atividades presenciais no modelo híbrido desde fevereiro. Realizou no segundo semestre o Seminário de Educação de Miracema e após as baixas dos números de casos da Covid-19, tem realizado aulões com alunos do 5º e 9º anos. Segundo a Assessora Pedagógica Vanessa Sentinelli, “os aulões objetivam relembrar conteúdos e motivar alunos. As escolas são convidadas para esses encontros que acontecem no Clube da Cidade e a metodologia aplicada é bem diferente de uma aula cotidiana na escola”.

O IOEB é realizado pela Comunidade Educativa CEDAC, e é formado pela relação entre os insumos educacionais (escolaridade dos professores, número de horas-aula por dia, experiência dos diretores e taxa de atendimento na educação infantil) e resultados educacionais (Ideb – Índice de Desenvolvimento da Educação Básica dos anos iniciais e finais do ensino fundamental e taxa líquida de matrícula do ensino médio); além da escolaridade dos pais. Os dados de todos os municípios e estados estão disponíveis no site: https://ioeb.org.br/.

https://www.instagram.com/p/CV3qWfFA0fc/

VEJA MAIS

VEJA MAIS