Medidas sanitárias nas seções eleitorais garantem voto seguro no domingo

Nos locais de votação, o uso de máscara será obrigatório e o eleitor será orientado a manter uma distância mínima de um metro de outras pessoas e evitar qualquer contato físico
Fotos: SF Notícias

A Justiça Eleitoral tomou uma série de medidas sanitárias que deverão ser seguidas por eleitores e mesários nas seções eleitorais, de modo a garantir o exercício do voto com segurança no próximo domingo (15). O objetivo é assegurar um ambiente seguro para o eleitor que comparecer às urnas, sem risco de contaminação. Neste ano, o horário de votação foi ampliado e as seções eleitorais começarão a funcionar mais cedo, das 7h às 17h. O horário das 7h às 10h será preferencial para maiores de 60 anos. Isso não significa que os demais eleitores serão proibidos de votar neste horário, mas devem, se possível, comparecer a partir das 10h, respeitando a preferência dos eleitores do grupo de risco para a contaminação pelo novo coronavírus.

O voto na urna eletrônica acontecerá sem a identificação biométrica, para que não haja superfície de contato em comum. A suspensão da biometria também proporciona uma votação mais célere, evitando fila e aglomeração. A apresentação do documento de identificação ao mesário será a distância. Depois de votar, o eleitor deverá higienizar as mãos com álcool em gel, que ficará disponível em cada mesa receptora de votos. Nos locais de votação, o uso de máscara será obrigatório e o eleitor será orientado a manter uma distância mínima de um metro de outras pessoas e evitar qualquer contato físico. Não será permitido se alimentar, beber ou fazer qualquer atividade que exija a retirada da máscara. Por fim, a Justiça Eleitoral recomenda que, se possível, o eleitor leve sua própria caneta para assinar o caderno de votação.

VEJA MAIS

VEJA MAIS