Marisa Letícia tem morte cerebral e ex-presidente Lula autoriza doação de órgãos Mulher do ex-presidente estava internada desde o dia 24 de janeiro após sofrer um AVC hemorrágico

Mulher do ex-presidente estava internada desde o dia 24 de janeiro após sofrer um AVC hemorrágico

Fotos: Reprodução

Morreu nesta quinta-feira (02/02) no Hospital Sírio-Libanês , em São Paulo, a ex-primeira-dama e esposa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Marisa Letícia Lula da Silva, de 66 anos. Ela teve morte cerebral devido a complicações causadas por um Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico.

Marisa estava internada desde o dia 24 de janeiro, com diagnóstico de Hemorragia Subaracnóide Fisher IV. Através de um exame de rotina também foi detectada a presença de trombose venosa profunda dos membros inferiores, sendo realizada a passagem de um filtro de veia cava inferior com o objetivo de prevenir a ocorrência de embolia.

Através de uma publicação na página de Lula no Facebook, a família do ex-presidente agradeceu as manifestações de carinho e solidariedade recebidas nesses últimos 10 dias e informou que foi autorizada a doação dos órgãos.

 

 

Mais do SFn