Moradores de Santa Cruz fecham RJ-158 em protesto contra falta d’ água

manifestacao 2
Fotos e vídeo: Vinnicius Cremonez

O impasse entre a prefeitura de Campos e os moradores do conjunto habitacional Vilmar Cava Barros, da localidade de Santa Cruz, às margens da RJ 158, entre Campos e São Fidélis, resultou em mais uma manifestação, onde os moradores, bloquearam a rodovia por mais de 4 horas. Eles usaram pedaços de galhos de árvores, madeiras, ferragens e colocaram fogo em vários pneus.

O motivo do protesto foi a falta d’água, problema que vem afetando o local há mais de meses, e que piorou nas últimas duas semanas. Ainda de acordo com os manifestacao6moradores, quando a água cai da torneira, ela chega amarela, em péssima qualidade.

Os moradores fecharam a rodovia em dois pontos, além de bloquearem vários outros acessos de estradas vicinais no meio do canavial, que são rotas de fuga. O congestionamento passou dos 2km nos dois sentidos da rodovia, e muitos motoristas preferiram voltar para casa. Passageiros de diversos ônibus cansaram de esperar e atravessaram a pé os dois bloqueios.

Os moradores liberavam apenas a passagem de ambulâncias, carros de prefeituras que estavam transportando pacientes, e quem pagavam R$ 10 reais, preço cobrado pelo pelos moradores em um dos bloqueios.

Viaturas do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv) foram deslocadas para o ponto onde ocorreu as manifestações. Depois de muita negociação, os policiais conseguiram liberar a rodovia. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada para apagar as chamas nos dois bloqueios.

Em nota a Empresa Municipal de Habitação (Emhab) informou que vaia apurar o que aconteceu, já que não chegou nenhuma reclamação de falta de água para a empresa.

manifesação 3

Mais do SFn