Mais de 200 cestas básicas são arrecadadas para vítimas das chuvas em São João do Paraíso

Um ponto de arrecadação foi montado no Floresta Atlético Clube, em Cambuci, e grande quantidade de alimentos, roupas e até colchões foram arrecadados. Doações continuam chegando no local
Fotos: Divulgação

A população se mobilizou e as doações começaram a chegar de várias cidades vizinhas, destinadas aos moradores de São João do Paraíso, distrito de Cambuci, no Noroeste Fluminense. Na madrugada desta quarta-feira (18/11) um temporal atingiu a sede do município (Cambuci) e os distritos de Monte Verde, Cruzeiro e São João do Paraíso. Este último, o mais afetado, teve 90% da área habitada inundada. Muitas famílias perderam tudo o que tinham. Ao longo desta quarta, diversos pontos para arrecadação de doações foram criados. Um deles foi a quadra do Floresta Atlético Clube, em Cambuci. Ao SF Notícias, o Leandro Defanti, um dos voluntários que publicou um vídeo pedindo doações, contou como foi a mobilização. “Minha tia e meu avô moram lá. Minha mãe ligou pra eles para saber notícias. Ai ela contou que a água já tinha tomado conta e que tinha perdido quase tudo. Com isso várias pessoas se mobilizaram a ajudar, pedindo ajuda nas redes sociais. Logo após minha publicação o presidente do clube do Floresta entrou em contato comigo oferecendo a quadra como local para receber as doações. Depois disso resolvi fazer um vídeo pedindo ajuda da população. A Raiane, que representou a OAB, também chegou junto ajudando” – relatou.

Doações recebidas nesta quinta (19)

Leandro conta que a cidade realmente se uniu, principalmente os jovens, e que várias igrejas também pediram ajuda, aumentando os pontos de arrecadação. “Ontem chegaram doações de Aperibé. De Itaocara vai vir, comentaram que estava vindo um caminhão de Friburgo. Várias cidades estão ajudando” – disse. Com toda a mobilização, somente na sede do clube foram arrecadadas 225 cestas básicas, roupas e até colchões, alguns doados por lojas. Também houve doações de roupas de cama, e itens para preparo de um café da manhã e almoço, já que apesar de a água ter baixado, muitos eletrodomésticos foram perdidos. “Como a doação de roupas e comida foi grande, estamos tentando priorizar roupa de cama, toalha de banho, produtos de higiene. E tentando pedir colchões, móveis, porque infelizmente, todo mundo perdeu tudo. Vamos retornar para a quadra hoje para continuar recebendo doações lá” – destacou Leandro. Confira pontos de arrecadação AQUI.

VEJA MAIS

VEJA MAIS