Mais de 2 mil raios são registrados em Bom Jardim, Cantagalo e Nova Friburgo

Apesar de várias imagens terem sido compartilhadas nas redes sociais, não foi Nova Friburgo que registrou a maior incidência de raios nesta terça
Foto: Johnny Knupp

Moradores de Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio, se assustaram com a quantidade de raios que iluminaram o céu na cidade na noite desta terça-feira (15/12). Fotos e vídeos foram compartilhados nas redes sociais. Um dos registros foi feito pelo Johnny Knupp, de sua residência, próximo à Praça do Furunfa. Apesar dos registros e da preocupação dos moradores, não foi Nova Friburgo que registrou a maior incidência de raios nesta terça. Segundo levantamento feito pelo Grupo de Eletricidade Atmosférica ELAT/INPE, a pedido do SF Notícias, foram registrados 2.072 raios nas cidades de Bom Jardim, Cantagalo e Friburgo, sendo 2.002 deles em Bom Jardim. Desse total, segundo o ELAT, 1.265 atingiram o solo e 737 foram raios intra-nuvem (entre as nuvens).

continua após a imagem

Imagem: Fri Notícias News

Já em Friburgo, dois raios atingiram o solo e 45 foram raios intra-nuvem (entre as nuvens). Em Cantagalo, foram registrados três raios nuvem-solo e 24 raios intra-nuvem (entre as nuvens). Ontem o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) emitiu um alerta para a possibilidade de chuva forte acompanhada de descargas elétricas, rajadas de vento de forte intensidade e até queda de granizo. Os raios apareceram, mas a chuva, ficou na promessa.

Novo alerta
Nesta quarta-feira (16/12) o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) voltou a alertar para a possibilidade de temporais em algumas cidades da região. Segundo o órgão, haverá condições para ocorrência de chuva localmente de forte intensidade, com descargas elétricas, ocasionais rajadas de vento de forte intensidade e queda de granizo. Em nossa região o aviso abrange Aperibé, Bom Jardim, Cantagalo, Cordeiro, Duas Barras, Itaocara, Macuco, Miracema, Nova Friburgo, Santo Antônio de Pádua e São Sebastião do Alto.

VEJA MAIS

VEJA MAIS