sexta-feira , 30 outubro 2020
Mais de 20 mil pessoas ficaram desalojadas; A força da correnteza do Rio Pomba chegou a derrubar parte da passarela de pedestres

Maior enchente da história de Pádua completa 10 anos; Veja fotos

Fotos: Fabrício Mansur

Há 10 anos o município de Santo Antônio de Pádua enfrentava a maior e mais catastrófica enchente de sua história. O drama dos munícipes começou na madrugada do dia 17 de dezembro de 2008. As fortes chuvas que atingiram a região e também cidades de Minas, estado onde está localizada a nascente do Rio Pomba, fizeram o mesmo subir mais de 4,5 metros acima do leito normal.

A força da água derrubou uma pequena ponte do Bairro Cidade Nova e também parte da “Ponte De Ferro”, a passarela de pedestres. Em alguns pontos, o nível da água atingiu até o segundo andar de casas. A maioria dos bairros e o Centro ficaram submersos. Até mesmo o Corpo de Bombeiros precisou deixar sua sede, pois a mesma foi completamente invadida pelas águas.

A tragédia deixou mais de 20.000 desalojados e 400 desabrigados, segundo o jornal Estadão. Centenas de moradores perderam tudo, casas, pertences, veículos, assim como comerciantes, que tiveram lojas, supermercados, entre outros estabelecimentos, invadidos pela água. Os estragos chegaram a R$ 30 milhões.

continua após a imagem

Nas redes sociais, a fotógrafa Laura Mansur publicou imagens feitas por seu marido, Fabrício Mansur. Muitas foram tiradas de dentro de um barco. Moradores que vivenciaram a tragédia deixaram alguns comentários relembrando o ocorrido.

“Não tem como esquecer. Saí de barco da Santa Mônica no dia 18 com meu filho recém nascido.Perdi tudo, inclusive as coisinhas dele. Uma tristeza muito grande”. – escreveu uma moradora. “Foi muito triste. Eu trabalhava na loteria do Beto, não sobrou nada” – disse outra. 

“Não gosto de ver isso, minha filha ficou quatro dias no shopping até a enchente baixar. Ela tinha acabado de abrir uma loja” – relatou mais uma moradora. “Estávamos contando os dias para a cerimônia do nosso casamento marcada para o dia 20 de Dezembro. Foi adiado pois a cidade ficou praticamente destruída, mas louvo a Deus pois as perdas foram materiais, Deus guardou a vida de toda a cidade” – mencionou outra. 

Outros moradores relembraram a ajuda prestada: “Nossa como passa rápido, parece que foi ontem né. Como trabalhamos nesse dia né, ajudamos muitas pessoas”. “Passei muito nestas ruas ajudando as pessoas desabrigadas”.

continua após imagem

Na ocasião, a Prefeitura decretou situação de emergência por conta das chuvas, que também causou prejuízos em outros municípios da região como Itaperuna, Cardoso Moreira, Natividade, Itaocara e Cambuci. Em todo o Estado foram mais de 30 mil desabrigados. Confira outras fotos AQUI.

Mais do SFn