Mãe pede ajuda para filha

Na noite desta segunda-feira(16), nossa redação recebeu uma ligação, onde fomos informados sobre a história de um adolescente que estava precisando de ajuda. Hoje, nossa equipe foi até a casa de Dona Marta,  que mora no bairro Jonas de Almeida e Silva, para conhecer a história da Dyulha, de 15 anos. Nossa equipe contou com a ajuda do irmão dela para chegar até o local.

safJHWIUERPWEOFKSKFSVMKMSDÇDyulha nasceu com mielomeningocele, que é um defeito congênito em que a espinha dorsal e o canal espinhal não se fecham antes do nascimento. A doença é um tipo de espinha bífida. Normalmente, durante o primeiro mês da gravidez, os dois lados da coluna (ou espinha dorsal) se unem para cobrir a medula espinhal, os nervos e as meninges (os tecidos que cobrem a medula espinhal). Espinha bífida se refere a qualquer defeito de nascença que envolva o fechamento incompleto da coluna.

A mielomeningocele é o tipo mais comum de espinha bífida. É um defeito do tubo neural em que os ossos da coluna não se formam completamente, resultando em um canal da espinha dorsal incompleto. Isso faz com que a medula espinhal e as meninges (tecidos que cobrem a medula espinhal) se projetem pelas costas da criança. A mielomeningocele pode afetar 1 em cada 800 bebês.

Uma semana depois de ter feito uma cirurgia, Dyulha desenvolveu hidrocefalia. Dyulha também ficou com a bexiga neurogênica e desenvolveu paraplegia, onde passou a não sentir os movimentos da pernas. No momento, a família pede ajuda para comprar uma cadeira motorizada, para que Dyulha possa se locomover com mais facilidade. A cadeira mais barata, custa aproximadamente 4 mil reais.

526845_421555597951112_1643299999_n[1]A mãe de Dyulha, disse que pegava medicamentos e alguns materiais como gases, luvas e sondas no sus, mas os medicamentos começaram a faltar. Marta então passou a comprar os medicamentos em farmácias, o que gera um gasto de mais de R$ 400, 00.

A família, vem realizando bingos para arrecadar o dinheiro necessário para a compra da cadeira.  Dois bingos já foram realizadas, e outros já estão sendo preparados.

Quem puder ajudar com dinheiro ou materiais para se usar nos bingos, deve entrar em contato com Dona Marta pelo telefone  (22) 9807-5750, ou pelo nosso site através do telefone (22) 9793-8976

 

VEJA MAIS

VEJA MAIS