Maconha é enviada pelos Correios para presídio de Itaperuna

Cerca de 60 pequenas buchas de maconha foram enviadas via SEDEX e apreendidas
Foto: SF Notícias

Cerca de 60 pequenas buchas de maconha foram apreendidas ao serem enviadas para o presídio Diomedes Vinhosa Muniz, em Itaperuna, no Noroeste Fluminense. A carga foi enviada à unidade através do serviço postal SEDEX dos Correios. O material estava direcionado a dois detentos – um de 27 e outro de 32 anos – que foram identificados, autuados e sofrerão sanções disciplinares. De acordo com a secretaria de Estado de Administração Penitenciária, o material estava dentro de tubos de creme dental. O material foi postado em Campos e na cidade do Rio de Janeiro, com os nomes de familiares dos internos. (continua após a publicidade)

Todo o material apreendido foi encaminhado à 143ª Delegacia Legal de Itaperuna, onde um inquérito foi instaurado para investigar o caso. Em nota, os Correios informaram que “trabalham em parceria com os órgãos de segurança pública para prevenir o tráfego de itens proibidos por meio do serviço postal. Os empregados atuam de forma diligente visando identificar postagens cujo conteúdo esteja em desacordo com a legislação. Quando algum objeto com conteúdo proibido e/ou ilícito é detectado, os Correios acionam os órgãos competentes. Muitas das operações de combate ao tráfico começam por meio do processo de fiscalização não-invasiva (raio-x) dos Correios”.

VEJA MAIS

VEJA MAIS