Macaé ultrapassa os 550 casos de Covid-19; cidade começa a fazer testes em blitz sanitária Macaé possui 57,5% dos seus leitos de UTI do SUS ocupados de casos de Covid-19. Além da busca ativa, a prefeitura organizou também a abertura do Centro Municipal de Quarentena, que abrigará pacientes confirmados do Coronavírus, para assegurar o isolamento social

Macaé possui 57,5% dos seus leitos de UTI do SUS ocupados de casos de Covid-19. Além da busca ativa, a prefeitura organizou também a abertura do Centro Municipal de Quarentena, que abrigará pacientes confirmados do Coronavírus, para assegurar o isolamento social

Fotos: Prefeitura de Macaé

Macaé, no Norte Fluminense, é um dos municípios com mais números de casos de Covid-19 no interior do estado. Segundo a Prefeitura, são 555 casos confirmados oficialmente, sendo 21 mortes. Ainda segundo a prefeitura, 268 pacientes já estão recuperados. O município possui 57,5% dos seus leitos da Terapia Intensiva (UTI) do Sistema Único de Saúde (SUS) ocupados de casos de Covid-19. Os bairros com mais casos notificados são Parque Aeroporto, Bairro da Glória, Lagomar e Riviera Fluminense. Mas, quando é levada em consideração a taxa de incidência (cálculo entre o número de notificações e a população estimada do local), a ordem passa a ser a seguinte: Imboassica, Barreto, Lagoa e Bairro da Glória. Dos casos confirmados, 55% são homens. Em praticamente todas as faixas etárias a quantidade de infectados do sexo masculino é maior. Só entre 40 a 49 anos a maioria são mulheres. A faixa com o maior número de casos é entre 30 a 39 anos. Em relação a óbitos, a maior parte (47%) foi de pessoas com 80 anos ou mais.

Nesta semana a Prefeitura de Macaé começou a aplicar testes em pessoas com sintomas da doença, abordadas na blitz sanitária realizada em ponto estratégico da cidade. A medida visa reforçar a identificação rápida de pacientes da Covid-19, garantindo assim o isolamento dos novos casos e o bloqueio do contágio local do vírus. No primeiro dia da busca ativa, 13 pessoas concordaram em fazer o teste para Covid-19 na blitz sanitária realizada das 6h às 9h no acesso à Ponte Ivan Mundim, sentido Centro. Além da busca ativa, a prefeitura organizou também a abertura do Centro Municipal de Quarentena, que abrigará pacientes confirmados do Coronavírus, para assegurar o isolamento social.

Mais do SFn