Fotos: Secom Macaé

Macaé confirma mais duas mortes por Covid-19; são 68 mortes e 1.937 casos Prefeitura de Macaé informou que houve uma redução da taxa de reprodução do vírus de 1,5 para 1,3. Município, que está fazendo uma testagem em massa, se prepara para iniciar nova fase no processo de flexibilização econômica

Prefeitura de Macaé informou que houve uma redução da taxa de reprodução do vírus de 1,5 para 1,3. Município, que está fazendo uma testagem em massa, se prepara para iniciar nova fase no processo de flexibilização econômica

A Prefeitura de Macaé confirmou a morte de mais dois pacientes diagnosticados com Covid-19, com isso, o município passa a ter 68 mortes de pessoas que contraíram o novo coronavírus. As novas vítimas são um idoso de 86 anos e uma mulher de 58 anos, ambos portadores de hipertensão e diabetes. Nas últimas 24 horas Macaé registrou 105 novos casos, totalizando 1.937 casos de coronavírus confirmados. O crescimento se deve a uma nova frente de testagem que está em curso, em praças públicas, atendendo as comunidades. O mutirão de testagem em massa já esteve no Aeroporto, está na Barra de Macaé e seguirá nesta, quinta e sexta-feira, para a Aroeira. Na sequência, Lagomar, Malvinas, Nova Esperança, Nova Holanda e Centro.

Ainda de acordo com a prefeitura, 1.291 pacientes já estão recuperados. As taxas de ocupação de leitos SUS Covid-19 são de 61%, de letalidade 3,5%. Macaé se prepara para iniciar nova fase no processo de flexibilização econômica. Com a redução da taxa de reprodução do vírus de 1,5 para 1,3, o município percebe sinais positivos que permitirão a transição da faixa laranja (atenção redobrada) para a amarela (1,2-atenção). “Melhorando os indicadores, na busca de um retorno consciente”, declarou o prefeito de Macaé, Dr. Aluizio, referindo-se ao cálculo da taxa de reprodução do vírus (R), que tem como variantes casos confirmados em determinado período de tempo. “Quanto mais próximo de um, menor o contágio entre as pessoas”, destacou.

Mais do SFn