sexta-feira , 23 outubro 2020

Investigação aponta possíveis responsáveis por perfil fake de Facebook em São Fidélis

perfil-fake2
Fotos: Reprodução.

Foram dois anos entre denúncia, investigações e, enfim, a descoberta. Após várias investidas,  foi possível identificar duas pessoas que seriam os responsáveis pelo perfil de facebook que desde 2012 vinha, segundo os irmãos Fábio Stellet Gentil, funcionário Regional Eleitoral do Rio de Janeiro, na 35ª Zona Eleitoral (São Fidélis), e Rodrigo Stellet Gentil, advogado e presidente da 34ª Subseção da OAB-RJ (São Fidélis), realizando postagem ofensivas contra eles e também direcionadas a outras pessoas.

O perfil, com o pseudônimo de “Rebeca Silva Albuqueque”, foi alvo de investigações através de ações do advogado de direito digital Rafael Maciel que chegou aos dois usuários da conta, identificados como Ivan Valentim Dos Santos e Pedro Emílio de Almeida e Silva Júnior. No processo de investigação, Maciel determinou que o Facebook disponibilizasse todos os dados fornecidos no momento de cadastro do perfil que postou o conteúdo ofensivo, como o endereço de IP de dispositivo e a localização geográfica do cadastro da conta e dos últimos acessos.

No processo, há suspeitas de que os acusados teriam trabalhado na chapa do candidato de oposição do atual prefeito de São Fidélis, engajados na campanha eleitoral. Na quarta-feira (27) aconteceu uma audiência de conciliação mas, não houve proposta de acordo. Fábio e Rodrigo Stellet pedem no processo o valor de R$ 31.520, em indenização por danos morais.

Numa conversa com o SF Notícias, Pedro Emílio se justificou: “Não criei o facebook, apenas me enviaram  a senha. Desconheço quem criou e nunca proferi qualquer ofensa à honra de quem propôs a ação. Eu apenas entrei algumas vezes por simples curiosidade e não fiz qualquer postagem no perfil em questão.”, disse.

A redação também entrou em contato por telefone com Ivan, mas ele preferiu não se manifestar sobre o fato.

perfil-fake-3

Mais do SFn