Inscrições abertas para o 1° Prêmio Rio de Contos, que busca incentivar novos escritores

Entre os jurados está a escritora Alê Motta, nascida em São Fidélis. Prêmio busca revelar e contribuir na formação de novos talentos literários espalhados e desconhecidos no Estado do Rio

Cecília Meireles, Carlos Drummond de Andrade, Rachel de Queiroz, Rubem Fonseca, Clarice Lispector. Esses e tantos outros entre os maiores nomes da literatura brasileira têm em comum o Rio de Janeiro. Alguns nasceram em terras fluminenses, outros vieram de outras partes e do interior do Brasil, mas todos encontraram em solo carioca o campo fértil e acolhedor que sempre manteve o Rio como o grande celeiro das letras brasileiras. Buscando encontrar novos talentos literários, incentivando os novos escritores, a Fundação Anita Mantuano de Artes do Estado do Rio de Janeiro (Funarj) e a LER – Salão Carioca do Livro lançaram o 1° Prêmio Rio de Contos. Idealizado pela escritora Bárbara Caldas, o prêmio busca revelar e contribuir na formação de novos talentos literários espalhados e desconhecidos no Estado do Rio de Janeiro. As inscrições poderão ser feitas a partir desta quinta pelo site www.lersalaocarioca.com.br. (continua após a publicidade)

Segundo o regulamento, o objetivo é selecionar 20 textos literários na modalidade conto, de novos autores do estado do RJ a serem premiados com mini-cursos, palestras e consultorias de formação e qualificação a serem realizados online via plataforma do concurso, entre janeiro e abril de 2021. A convocatória tem caráter cultural, sem qualquer modalidade de sorteio para os inscritos ou premiação pecuniária para os selecionados. Poderão se inscrever quaisquer pessoas residentes no estado do Rio de Janeiro a partir dos 16 anos de idade, que não estejam inseridas como autores e autoras no mercado editorial brasileiro. As inscrições podem ser feitas até o dia 03 de dezembro. Entre os jurados está a escritora Alê Motta, nascida em São Fidélis, no Norte Fluminense, tendo passado ainda parte de sua juventude em Campos antes de se radicar definitivamente no Rio de Janeiro. É arquiteta formada pela UFRJ. Participou da antologia 14 novos autores brasileiros, organizada pela escritora Adriana Lisboa. É autora de Interrompidos (Editora Reformatório, 2017) e Velhos (Editora Reformatório, 2020).

VEJA MAIS

VEJA MAIS