segunda-feira , 26 outubro 2020

Homem é internado com suspeita de febre amarela em São Fidélis Esse é o segundo paciente que da entrada no H A V com suspeita da doença. O primeiro caso foi descartado

Esse é o segundo paciente que da entrada no H A V com suspeita da doença. O primeiro caso foi descartado

Fotos: SF Notícias

A Secretaria de Saúde de São Fidélis investiga um caso suspeito de febre amarela no município. Segundo o secretário de saúde, Carlos Eduardo, esse é o segundo paciente que da entrada no Hospital Armando Vidal com suspeita da doença em três semanas. Os exames realizados no primeiro paciente tiveram resultados negativos para febre amarela.

Já o segundo paciente – um jovem de 23 anos – que deu entrada na noite desta quarta-feira (15/03) na unidade está internado em observação na área de isolamento. Ele chegou à unidade com mialgia, cefaleia e febre. Segundo familiares, o Jovem esteve acampado no último final de semana no Parque Estadual do Desengano.

Amostras de sangue serão colhidas e enviadas para um laboratório determinado pela Secretaria de Estado de Saúde no Rio de Janeiro. O paciente,  ficará internado até que os resultados dos exames fiquem prontos.

O secretário de saúde do município disse ainda que a cidade irá receber nesta sexta-feira cerca de 12 mil novas doses da vacina contra a febre amarela, e que toda a população – com idades a partir de 9 meses aos 60 anos, observando as contraindicações da vacina – será vacinada a partir da próxima segunda-feira (20/03).Todos os postos de saúde estarão abertos das 8h até às 19 horas a partir de segunda.

Carlos Eduardo pediu ainda para a população evite áreas de mata, trilhas e cachoeiras. A Secretaria de Estado de Saúde informou que pediu aos municípios que notificassem o Estado sobre a internação de pacientes com sintomas parecidos com o da febre amarela, para que seja feito um diagnostico precoce. Cerca de 38 casos suspeitos estão sendo investigados em todo o Estado do Rio.

Casos confirmados no Estado 

Foto: Foto Vitor Nantes

Ontem a Secretaria de Estado de Saúde confirmou a primeira morte por febre amarela no Estado. Watila Santos, de 38 anos, que morava na região rural de Casimiro de Abreu, deu entrada no Hospital Municipal Ângela Maria Simões Menezes no último sábado (10) com dores de cabeça, febre e dor no corpo, além da pele amarelada. Ele morreu no sábado (11), após sofrer duas paradas cardiorrespiratórias.

O vizinho dele, de 37 anos, que também teve o caso confirmado pela secretaria segue internado no Hospital dos Servidores no Rio de Janeiro. As duas vítimas não possuem histórico de viagem para áreas onde há comprovação da circulação da doença.

Vacinação antecipada 

Secretaria de Estado de Saúde informou que irá adotar de forma imediata novas medidas, além da vacinação em todo o território anunciada no sábado (11). Entre as novas medidas está a antecipação da vacinação para 24 municípios estratégicos, nas regiões Norte, Noroeste, Serrana, dos Lagos e no entorno da reserva do Poço das Antas. Entre eles estão Nova Friburgo, Macaé, Bom Jardim, Cordeiro, Macuco – que não estavam na área de vacinação de bloqueio nas divisas com MG e ES.

Além de Campos dos Goytacazes, Santa Maria Madalena, São Sebastião do Alto, São Fidélis, Cardoso Moreira e Cantagalo – que já estavam entre os 30 municípios com vacinação de bloqueio. A prioridade da campanha será imunizar a população que mora ou trabalha em áreas de mata e zonas rurais.

Mais do SFn