Grupo criado por PM de Campos leva alegria ao Hospital do Câncer em Muriaé

PM Mirella, idealizadora do projeto Fotos: Divulgação/ PM

Criado há dois meses pela Policial Militar Mirella Martins, lotada no 8º Batalhão em Campos, o grupo Resgatadores da Alegria nasceu com o objetivo de levar carinho, amor e felicidade a crianças e adultos. O projeto vem estimulando diversos trabalhos voluntários no Hospital do Câncer, em Muriaé/MG.

A PM que é ex-professora de educação infantil, participava de projetos nas escolas de Italva, onde usava uma fantasia de palhaço. Mesmo após se tornar Policial Militar, não deixou o espírito solidário de lado e se voluntariou no Hospital de Muriaé.

Em seu primeiro dia na Fundação Cristiano Varella, ela conheceu a Vitória Maria que mudou sua vida. Fazer a menina sorrir, deu a certeza a Mirella para continuar com o trabalho, que se estendeu solitário por um ano, como muitas experiências boas, mas outras dolorosas.

Fotos: Divulgação/ PM

A notícia da morte de Vitória fez nascer uma história de amor e gratidão entre os pais da menina e a policial. Mirella, que estava de serviço no dia, pediu dispensa ao comandante após lhe contar a história, ganhando um novo admirador do seu projeto. O grupo Resgatadores da Alegria é formado por um grupo de amigos e amigos dos amigos que se uniram pela causa.

Nesta quinta-feira (15), eles realizaram uma festa especial com os pacientes da fundação. Outras pessoas como o Cel PM Baracho comandante do 6º CPA, o Ten Cel PM João Carlos comandante do 29º BPM, Ten Cel PM Fabiano comandante do 8º BPM, o núcleo de Advogados da NPJ ESAJUR UNIG de Itaperuna, Drª Tamara, Dr Vitor, Dr Marcelo e Dr. Carlos entre outros,  se uniram na causa e se mobilizaram na luta.

O grupo distribuiu os mantimentos, brinquedos e fraldas geriátricas, arrecadados durante uma campanhaA festa teve direito a Papai Noel, bolo, refrigerante, pipoca, brincadeiras, música e muito amor, e tudo de melhor pelo qual o grupo foi criado.

VEJA MAIS

VEJA MAIS