segunda-feira , 26 outubro 2020

Greve dos bancários completa uma semana

A greve dos bancários completou uma semana nesta quinta-feira (26/09), e começou a preocupar a população quanto ao pagamentos de contas. A greve vem ganhando força em toda a região Norte e Noroeste do Estado do Rio. Com a greve, cresce a busca pelas casas lotéricas.

caixa

Em entrevista a nossa redação,  Ricardo Azeredo que é secretário geral do Sindicato dos trabalhadores bancários e do ramo financeiro, e que está organizando a greve em nossa região, disse que em Campos e São João da Barra, a greve teve 100%  de adesão das agências. Ricardo disse ainda que nos próximos dias, o sindicato estará enviando pessoas para São Fidélis para fortalecer o movimento.

A categoria reivindica 11,93% de reajuste salarial, sendo 5% referente a um
aumento real de salário e mais 6,93% devido à inflação do período. Os bancários
querem, ainda, um piso salarial de R$ 2.860 e três remunerações referentes à
participação nos lucros e resultado.

A Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) informou, por meio de nota, que os bancos farão o que for cabível legalmente para garantir o acesso da população
aos bancos. “A entidade lembra que o consumidor dispõe de vários canais para a
realização de transações financeiras, como internet, banco por telefone,
aplicativo do banco no celular e caixas eletrônicos e rede 24 horas”.

 

Mais do SFn