“Foi infectado no Desengano em Madalena”, diz secretário sobre caso de fidelense com febre amarela 90% da população do entorno Parque do Desengano em São Fidélis, já foi vacinada

90% da população do entorno Parque do Desengano em São Fidélis, já foi vacinada

Fotos: SF Notícias

Após a confirmação do primeiro caso de febre amarela em um fidelense, a preocupação com a presença do vírus em nossa região aumentou entre a população. Porém, a procura pela vacina vem diminuindo. Segundo o Secretário Municipal de Saúde de São Fidélis, Dr Carlos Eduardo Raposo, essa diminuição na procura pela vacina está acontecendo porque aproximadamente 25 mil pessoas já se vacinaram. Outros fidelenses, segundo ele, se vacinaram em outras cidades, como Cambuci.

Em entrevista ao SF Notícias, o secretário disse que todas as unidades de saúde da cidade estão abastecidas e fazem a vacinação das 8h às 17 horas, além de um carro volante que vai percorre as localidades no entorno do Parque Estadual do Desengano, onde mais de 90% da população daquela área já foi vacinada.

“Vamos fazer uma varredura naquela região para que ninguém fique sem ser vacinado”, disse o secretário.

O secretário disse também que a vigilância em saúde do Estado do Rio deve registrar o caso confirmado no jovem fidelense como sendo de Santa Maria Madalena, já que ele teria contraído o vírus no Parque Estadual do Desengano, mas na parte que pertence aquele município.

De acordo com os familiares, o estudante acessou o Parque Estadual do Desengano pela Serra do Itacolomi. O parque possui uma área de 21.400h entre Campos, São Fidélis e Santa Maria Madalena.

Em entrevista, o Secretário Municipal de Saúde de Santa Maria Madalena, Dr. Carlos Roberto, disse em um total de 8.600 pessoas estimadas para serem vacinadas, aproximadamente sete mil já se vacinaram. No começo do mês um macaco foi encontrado morto em uma área próxima do Parque em Madalena, mas de acordo com o secretário do município, o exame que vai apontar a causa da morte, ainda não ficou pronto.

Mais do SFn