Flor Palagar, conhecido como o “faz tudo” de São Fidélis, morre aos 84 anos

Em 2016, o SF Notícias contou um pouco da história desse ilustre fidelense. Na ocasião, ele relatou ser nascido e criado no município, e que ia vivendo e trabalhando na cidade, até seu último dia
Fotos: Matheus Berriel/ arquivo SF Notícias

A quinta-feira (02/07) começou com uma triste notícia em São Fidélis, Norte Fluminense. Faleceu aos 84 anos Flor dos Santos Palagar, mais conhecido como “seu Flor”. O fidelense era muito querido e conhecido por seu trabalho de “faz tudo”. Sua barbearia, local onde também realizava reparos nos mais diversos objetos, funciona há cerca de 50 anos na Rua Antônio Xavier Maia, no bairro da Penha. Em 2016, o SF Notícias contou um pouco de sua história. Na ocasião ele relatou ser nascido e criado na cidade, e que ia vivendo e trabalhando nela, até seu último dia. “Sair daqui pra quê?” afirmou entre risos durante a entrevista. Seu Flor contou ainda que começou a trabalhar muito cedo e que seu primeiro trabalho assalariado foi na roça com enxada e foice, quando já estava rapaz. “Eu aprendi a trabalhar nessas coisas e trabalhei até casar. Depois que eu me casei, ainda morei na roça uns três anos. Vim embora pra cidade e aqui que eu comecei a criar família e trabalhar de barbeiro e continuei trabalhando como funileiro e mais outras coisas ai. Essas coisas todas eu fui aprendendo, vou pegando e vou fazendo acaba que hoje estou precisando colocar gente para me ajudar” – disse a equipe do SF Notícias naquele ano. (continua após a publicidade)

Além de ter aprendido os diversos ofícios sozinho, seu Flor passou seu conhecimento ao sobrinho Marcio Roberto Palagar Gomes. Marcio é o funcionário mais antigo e começou a aprender com o tio quando tinha 12 anos. Na entrevista de 2016 ele afirmou que pretendia dar continuidade ao trabalho e ensinar mais pessoas. Nas redes sociais, vários familiares e fidelenses que conheciam e admiravam o seu Flor, deixaram mensagens de despedida e pesar. “Com certeza esse homem, honesto, trabalhador, cumpridor das leis de Deus, está bem amparado. E vai continuar trabalhando por lá. Deus o abençoe, Flor Palagar!” – diz uma das publicações. Uma das netas de seu Flor publicou um poema em homenagem ao legado que ele deixou: “Quando muitos me perguntavam, de quem eu era filha, ia logo falando, Sou a neta de quem todos admiram! – “Sou a neta do Senhor Flôr”! Elogios não faltavam desse homem trabalhador, desse coração bonito, caridoso e que todos tratavam com respeito e com amor” – diz um trecho do poema. O horário do sepultamento ainda não foi divulgado. Reveja a entrevista com seu Flor AQUI.

VEJA MAIS

VEJA MAIS