Fim do ensino híbrido e retorno 100% das aulas presenciais; decisão do estado gera debate entre pais

Na próxima segunda-feira, dia 25, todos os 725 mil alunos da rede estadual de educação do Estado do Rio de Janeiro devem voltar às escolas. Você é contra ou a favor?

Na próxima segunda-feira, dia 25, todos os 725 mil alunos da rede estadual de educação do Estado do Rio de Janeiro devem voltar às escolas, com turmas 100% presenciais. A decisão do Governo do Estado pelo fim do ensino híbrido vem gerando debate entre pais e responsáveis pelos estudantes nas redes sociais. Muitos são contra o retorno, mas alguns são a favor.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

O retorno das aulas 100% presenciais foi publicado no Decreto Estadual nº 47.801, de 20 de outubro de 2021. A decisão pelo fim do ensino híbrido foi tomada a partir da confirmação de que a maioria dos profissionais de educação está com o esquema vacinal completo. Mais de 95% dos funcionários dos colégios tomaram a primeira dose e mais de 85% já receberam a segunda ou a dose única. O estado também levou em consideração o fato de muitos municípios já terem vacinado um grande número de jovens de 12 a 17 anos, faixa etária dos alunos da rede. A vacinação desse grupo segue avançando em várias cidades do estado.

O estado publicou algumas regras para retorno, entre elas, uso de máscara obrigatório em todas as escolas; cada escola terá de seguir todos os protocolos sanitários do estado e do município; casos de Covid devem ser comunicados à direção; a merenda será servida nas escolas, o que cancelará o cartão-alimentação ou a distribuição de cestas básicas.

“O retorno dos estudantes às salas de aula é motivo de comemoração para a comunidade escolar, que poderá voltar a cumprir um planejamento integral e consistente de ensino. Este momento representa um importante marco na superação da pandemia”, disse o governador Cláudio Castro. A Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) informou que atua para proporcionar um retorno seguro para todos os alunos e servidores, seguindo os atuais protocolos sanitários, incluindo a constante sanitização das escolas e as regulamentações expedidas pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro, bem como pelos municípios.

Para muitos pais, o retornou já deveria ter acontecido antes. “Já passou da hora”; “As crianças e jovens podem ir para festas, praias e outros eventos, então também podem voltar para escola!”;”Tem que voltar mesmo! Fico olhando o povo hipócrita que vive nas festas, ambiente lotado, e depois diz que não pode ir à escola porque lá pega Covid”, dizem alguns dos comentários de pais nas redes sociais.

Por outro lado, há pais que são contra o retorno. “Palhaçada voltar agora que o ano está acabando. E os alunos que ainda não tomaram a segunda dose da vacina?”; “Os profissionais estão com o esquema vacinal completo, mas as crianças ainda não”; “Meu filho minhas regras. Não vai pra escola. Conselho tutelar que venha na minha porta”, dizem algumas mensagens dos pais que são contra o retorno. E você que está lendo essa matéria, é contra ou a favor do retorno?

VEJA MAIS

VEJA MAIS