Fim de semana com temporais no RJ, alerta Climatempo

Entre este sábado (16) e a próxima terça-feira (20), os volumes acumulados podem ultrapassar os 100 milímetros em algumas áreas

A passagem de uma nova frente fria pela costa das Regiões Sul e Sudeste irá reforçar as instabilidades no centro-sul do Brasil ao longo deste fim de semana, segundo a Climatempo. O tempo fica bastante instável, com chuva a qualquer hora sobre várias áreas do Sudeste do país, o que inclui o estado do Rio de Janeiro. Áreas do sul do estado que incluem o Grande Rio já podem ter chuva fraca e isolada nesta manhã de sábado (16). No decorrer do dia a nebulosidade aumenta em todo o estado e chove em forma de pancadas acompanhadas de raios, trovoadas e fortes rajadas de vento.

A chuva pode ser pontualmente forte sobre o litoral sul fluminense, no sul do estado e na região Serrana do Rio de Janeiro, além disso, também persiste entre a tarde e a noite do sábado, ainda segundo a Climatempo. No domingo (17), o tempo fica mais carregado no centro-sul do estado. O céu fica encoberto e chove em vários momentos do dia, com risco de temporais isolados na região serrana e na capital fluminense. São previstos volumes entre 20-25mm de chuva, prevê a Climatempo.

Chuva deve persistir ao longo da semana
O tempo segue bastante instável entre a segunda (18) e a terça-feira (19), com céu carregado e chuva persistente, de acordo com a Climatempo. A chuva aumenta principalmente no litoral sul e na capital, são esperados volumes até 30 mm de chuva nestas áreas, entre a segunda-feira e a terça. No litoral norte do estado a chuva pode vir acompanhada por ventos fortes que podem passar dos 60km/h no decorrer do dia. As madrugadas serão frias e as tardes com temperaturas baixas, entre 21°C e 22°C.  Entre este sábado (16) e a próxima terça-feira (20), os volumes acumulados podem ultrapassar os 100 milímetros em algumas áreas. A Climatempo alerta para o risco de alagamentos, transbordamentos, deslizamentos, além de queda de árvores e destelhamento durante a chuva forte.

VEJA MAIS

VEJA MAIS