Fidelense faz rifa para pagar cirurgia de pinscher, que teve coluna quebrada ao ser atacada por pitbull Moradora conta que não estava em casa quando a pitbull atacou a "Pretinha", mas que seu filho viu a pitbull mordendo a cadela; mesmo após a cirurgia ela não voltará a andar

Moradora conta que não estava em casa quando a pitbull atacou a "Pretinha", mas que seu filho viu a pitbull mordendo a cadela; mesmo após a cirurgia ela não voltará a andar

Fotos: arquivo pessoal

Uma moradora de São Fidélis, no Norte Fluminense, está vendendo rifas para custear o tratamento e a cirurgia de uma cachorrinha pinscher, a “Pretinha”. Ela foi atacada por um Pitbull, e teve a coluna quebrada. Fabíola Ribeiro conta que tem dois cães da raça pinscher, um pitbull e uma gata, e que todos foram criados juntos desde que nasceram. “Eu estava no serviço quando meu filho mais velho me ligou chorando que a pitbull tinha atacado a Pretinha, que é menorzinha que a Belinha, sua irmã. Então eu não sei ao certo o que houve. Meu filho me falou que a Pretinha saiu da área de serviço onde ela e a irmã ficam, e foi pro quintal na frente da casa, onde a pitbull fica. De repente ele escutou um grito e foi correndo, quando chegou no quintal viu a pitbull em cima da Pretinha e mordendo ela várias vezes” – relata a moradora, que foi imediatamente até uma clínica veterinária, onde a cadelinha recebeu os primeiros socorros e foi medicada. (continua após a publicidade)

A cadela precisou passar por exames em uma clínica em Campos dos Goytacazes, que constataram a grave lesão. “Com as primeiras doações e rifa consegui levá-la em Campos. Ele (veterinário) precisou fazer uns procedimentos com ela pra amenizar a dor dela, e colocou a tala, mais a sedação e consulta e outras coisas, ficou em 780. Fora as medicações que tivemos que comprar, os curativos, remédios pra dor, fraldas, pomadas. lenço umedecido, gases, tapetes higiênicos” – conta Fabíola. A cirurgia custava mais de R$ 3 mil, mas se a dona da Pretinha conseguir pagar até o próximo dia 11, data que o procedimento será realizado, o veterinário cobrará R$ 1.600,00. A Pretinha, entretanto, não voltará a andar após a cirurgia e precisará de uma cadeira de rodas pet. Os interessados em ajudar comprando a rifa podem entrar em contato pelos números (22) 99810-1689 (Fabíola); (22) 99861-0517 (Mariana); ou (22) 99972-8043 (Eliene).

Mais do SFn