Fauna e flora em festa! Parque Estadual do Desengano vai celebrar 52 anos com várias atrações

O Desengano é a mais antiga Unidade de Conservação estadual e abrange Santa Maria Madalena, São Fidélis e Campos dos Goytacazes. Haverá tendas temáticas, doação de mudas, palestras, trilhas noturnas e mais. O Parque também vai celebrar o título de primeiro “Dark Sky Park” da América Latina

Imagens: SF Notícias/ Samir Mansur

Na próxima semana a natureza estará em festa! O Parque Estadual do Desengano (PED), a mais antiga Unidade de Conservação estadual, e que fica em nossa região – entre Campos, São Fidélis e Santa Maria Madalena – celebra 52 anos. O local terá atividades especiais entre os dias 11 e 14. Além do público em geral, o PED pretende atender mais de 500 alunos de escolas de Madalena, com idades entre 4 a 10 anos de idade, com atividades lúdicas, exposições, contação de histórias, brincadeiras e outras.

Apesar do público escolhido ser para os pequenos, com o tema “Um dia no mato”, todas as atividades serão para todo tipo de público, como professores, pais, familiares, amigos, entre outros. Eles poderão participar durante a semana de 8h às 17h, sem necessidade de agendamento. O agendamento é apenas para as escolas. As escolas dos municípios de São Fidélis e Campos que desejarem participar, deverão entrar em contato, para agendar previamente com a unidade.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Na sede do Parque, em Madalena, serão montadas tendas temáticas, onde serão realizadas atividades lúdicas, em forma de um circuito. A primeira atividade, será a apresentação que as crianças de cada escola de Madalena prepararam para o evento, que poderá ser uma peça, uma dança, uma música, enfim, uma surpresa a ser apresentada no “Palco PED” e, também a entrega de presentes (desenhos, maquetes…) que serão expostos na “Galeria de Artes do PED”. Após a apresentação e a passagem pela Galeria de Arte, os alunos serão conduzidos para o circuito de tendas temáticas.

Uma das tendas é do projeto “Morcegos na Praça” (@projetomorcegosnapraca), com atividades para todo tipo de público e idades. Na tenda “fauna” haverá exposição de animais vivos como cobras e empalhados e/ou fixados, exposição de equipamentos e materiais usados em trabalhos de pesquisa com fauna, apresentação de vídeos de câmeras traps, e outros, com participação da Equipe da APA Macaé de Cima. Na tenda “flora” serão expostos tipos diferentes de sementes, folhas, plantas para explorar atividades sensoriais como textura, cheiro e forma, haverá apresentação de maquete para mostrar a importância de vegetação para evitar desastres ambientais como desmoronamento.

Também haverá contação de histórias: “Muriqui- O Macaco feliz” e “O mestre e o Muriqui”, e na tenda “profissões” haverá manequins vestidos de bombeiro, guarda parque, policial ambiental, agente da defasa civil, além de exposição dos equipamentos para combate a incêndio, e outros usados por esses profissionais, para despertar o interesse sobre as funções e importância de cada uma dessas profissões. Profissionais das áreas estarão presentes para dar explicações.

Já na tenda 06, haverá um painel com personagem Muriqui (Símbolo do PED) da arte de aniversário, de tamanho real, para colocar o rosto e tirar foto. O circuito termina com a despedida dos alunos dando um “ecoabraço” coletivo à Paineira próxima ao anfiteatro. Haverá ainda palestras nas escolas para alunos do sexto ao nono ano e do ensino médio. E, para comemorar a semana Internacional de Dark Sky, os alunos da faixa de idade maior que 10 anos, poderão participar de atividades sobre o tema do céu noturno, exposição de tendas temáticas, trilhas noturnas, encerrando a semana com um planetário ao ar livre, realizado em parceria com o Clube de Astronomia Louis Cruls, de Campos. Também haverá distribuição de mudas.

O Parque também vai celebrar o título de primeiro “Dark Sky Park” da América Latina. De acordo com a Associação Internacional Dark-Sky, o título reconhece o Parque Estadual do Desengano como “uma área protegida de excepcional qualidade para a observação de estrelas e um ambiente noturno protegido que valoriza seu patrimônio científico, natural, educacional, cultural e social”. Veja mais sobre o título de Dark Sky Park AQUI. Confira o convite do gestor do Parque, Carlos Dário:

VEJA MAIS

VEJA MAIS