Ex-presidente Dilma Rousseff não receberá mais o título de cidadã friburguense da Câmara de Vereadores O vereador Norival Espíndola afirmou que não conseguiu as assinaturas suficientes para que o projeto, de sua autoria, fosse votado

O vereador Norival Espíndola afirmou que não conseguiu as assinaturas suficientes para que o projeto, de sua autoria, fosse votado

Foto: Revista Época

A Câmara de Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio, aprovou na noite desta quinta-feira (24/09) nomes que receberão os títulos de cidadãos friburguenses e também as Comendas Barão de Nova Friburgo. Entretanto, o Projeto de Resolução Legislativa nº 812 de 2020, que concedia a ex-presidente Dilma Rousseff o título de cidadã friburguense não estava na pauta. O vereador Norival Espíndola afirmou durante a sessão que não conseguiu as assinaturas suficientes para que o projeto, de sua autoria, fosse votado pelo plenário. Em sua fala o vereador disse compreendo que o plenário é uma Casa plural, diversa, e que não quis inflamar ou provocar ódio com o projeto. (continua após a publicidade)

O vereador citou diversas ações do Governo Federal que beneficiaram o município durante a gestão da ex-presidente, como canalização do Rio Bengalas, construção de centenas de apartamentos do Minha Casa, Minha Vida, e a reconstrução de encostas destruídas na tragédia de 2011. Ele lembrou ainda que Dilma também tem raízes familiares com Friburgo, já que sua mãe, Dilma Jane Coimbra da Silva Rousseff, falecida em 2019, nasceu no município. “Por essa e outras tomamos a atitude de apresentar o nome dela. Não para suscitar ódio, revolta, polêmica, não foi a nossa intenção. Em homenagem a Dilma Rousseff, no coração de muitas pessoas eu sei que ela já recebeu esse título” – disse.

Mais do SFn