Espetáculo no céu: Câmeras especiais registram meteoros em cidades do RJ e estados vizinhos

Popularmente chamados de estrelas cadentes, os meteoros são os rastros luminosos proporcionados pela rápida passagem de corpos variados na alta atmosfera terrestre

Imagem e vídeo: Clima ao Vivo/ Bramon

Nem todo mundo pôde assistir ao espetáculo no céu na madrugada desta quinta-feira (11/03), mas câmeras especiais registram meteoros em vários estados da Região Sudeste. Os meteoros foram filmados nas cidades de Araruama, no Rio de Janeiro, Morro Agudo/SP, Cerqueira César/SP, Poços de Caldas/MG e Patos de Minas/MG (duas câmeras). Na cidade de Poços de Caldas, o céu com poucas nuvens, possibilitou uma visão muito bonita do meteoro, que riscou o céu em movimento descendente, no horizonte com a silhueta da montanha. Em Pato de Minas, o meteoro explodiu entre as nuvens.

Continua após o vídeo

Popularmente chamados de estrelas cadentes, os meteoros são os rastros luminosos proporcionados pela rápida passagem de corpos variados na alta atmosfera terrestre. E, segundo a Climatempo, quando se fala de “corpos variados” pode-se referir, por exemplo, a lixo espacial, pequenos fragmentos da Lua ou de Marte, restos de cometas que passaram próximos a Terra e outros objetos. “Tudo inicia quando um cometa se aproxima do Sol. A uma distância aproximada Sol-Marte o cometa começa a sublimar por causa dos ventos solares. Cada vez mais próximo do Sol, o calor desses ventos solares faz com que o cometa perca matéria, deixando pequenos fragmentos no espaço, ou seja, os meteoroides. Alguns desses enxames de meteoroides podem estar na rota da Terra. Desta forma, no seu movimento habitual de translação, por muitas vezes, o planeta Terra acaba passando próximo dos meteoroides” – explica a Climatempo.

Devido à ação gravitacional que o planeta Terra exerce sobre os meteoroides, esses fragmentos penetram na atmosfera terrestre, atingindo grandes velocidades. “Adicionado a isso, temos o choque que ocorre entre o meteoroide e as moléculas de ar. Uma combinação perfeita para produzir os meteoros, ou seja, os belos rastros luminosos que podemos observar” – destaca o portal.

VEJA MAIS

VEJA MAIS