Em protesto contra extinção de escola, estudantes ocupam prédio em Cambuci

escola-ocupada-cambuci-4Estudantes do Colégio Estadual Professor Manoel Gonçalves Ramos Junior, no Centro de Cambuci, ocuparam o prédio da unidade na manhã desta sexta-feira (18/11). O ato é um protesto contra a extinção do colégio que existe há 60 anos.

Ao tentarem fazer a renovação de matrículas no site da Secretaria de Estado de Educação os professores descobriram que a Unidade Administrativa (UA) do Colégio Estadual Professor Manoel Gonçalves Ramos Junior não existia mais.

De acordo com os professores que procuraram a redação do SF Notícias, a direção do colégio entrou em contato com a Regional Norte Fluminense para questionar o que estava acontecendo, e foi informada que a unidade havia sido extinta.

Atualmente, o Colégio Estadual Professor Manoel Gonçalves Ramos Junior possui 200 estudantes, que não sabem onde irão terminar o ano letivo. Os protestos começaram na noite de ontem. Reveja a matéria no link > Alunos e professores protestam contra fechamento de escola em Cambuci.

escola-ocupada-em-cambuci

VEJA MAIS

VEJA MAIS