quinta-feira , 29 outubro 2020

Em ação rápida, PM impede furto a banco e prende seis bandidos em Cardoso Moreira Houve pânico e correria no centro do município. Ação foi aplaudida pelos moradores

Houve pânico e correria no centro do município. Ação foi aplaudida pelos moradores

prisao-furto-1
Fotos: PM

furto-banco-cardoso

Em uma ação rápida, policiais militares do 29º BPM conseguiram evitar um furto a uma agência bancária e prenderam seis bandidos em Cardoso Moreira. A ação foi aplaudida pelos moradores do tranquilo município do Noroeste Fluminense.

Segundo informações do 29º Batalhão de Polícia Militar, seis homens armados e com ferramentas fizeram um buraco na parede dos fundos da agência do Banco do Bradesco. A central de monitoramento acionou a PM que imediatamente deslocou várias viaturas que cercaram o banco. Com a chegada dos policiais, os bandidos fugiram sem levar nenhum dinheiro, mas levaram três armas dos vigilantes.

Ainda de acordo com a PM, dois deles, identificados como Douglas Ribeiro dos Santos, de 24 anos, e Enésio Lintino Badaró, de 60 anos, foram presos dentro de um carro com placa de Eunápolis, na Bahia, que estava na porta da agência e que seria usado na fuga. Um terceiro suspeito identificado como Lúcio Anderson de Oliveira Lima, de 27 anos, foi encontrado no porta-malas de um segundo veículo com placa de Campos dos Goytacazes.

Uma operação foi montada para localizar os demais suspeitos. Durante as buscas os policiais encontraram Ronaldo de Oliveira Rosa, de 32 anos. Ele contou que receberia R$ 3.000,00 para vigiar a movimentação das viaturas da PM. Com ajuda de barcos, os PMs conseguiram localizar o quinto suspeito envolvido na tentativa de furto. material-furtoEvaldo Pereira da Silva estava às margens do Rio Muriaé. Também foi encontrado um revólver de calibre 38 com seis munições intactas, R$ 1045,00 em espécie e um cheque de R$ 3,400.

O sexto envolvido na tentativa foi preso horas depois. O nome dele ainda não foi identificado. Todos foram levados para a 143ª Delegacia Legal de Itaperuna, onde foram autuados e transferidos para a Casa de Custódia. Durante a perseguição, houve pânico entre os moradores (veja o vídeo abaixo) que estão acostumados com a tranquilidade de uma pequena cidade do interior.

Mais do SFn