Em 06 dias, três pessoas foram mortas e uma baleada em Pádua; duas vítimas tiveram os corpos incendiados

Em um dos crimes um homem teve os pés e as mãos amarrados, foi baleado e teve parte do corpo foi incendiado. Em outro caso, uma mulher foi encontrada com sinais de espancamento e corpo carbonizado

Os últimos dias de janeiro de 2022 foram marcados pela violência em Santo Antônio de Pádua, no Noroeste Fluminense. Em apenas seis dias, três pessoas foram assassinadas, sendo duas delas, com requintes de crueldade.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Primeiro crime
Era noite de domingo, dia 23 de janeiro, quando um jovem foi encontrado morto na localidade de Araponga, que fica na zona rural de Marangatu. A vítima teve os pés e as mãos amarrados. Havia marcas de perfurações de arma de fogo no corpo da vítima, sendo que parte do corpo foi incendiado.

Segundo crime
Na terça-feira, dia 25, um jovem de 26 anos foi baleado na Rua Almoçar Rodrigues Perlingeiro, no bairro Tavares. Ele foi socorrido por populares e levado ao Hospital Hélio Montezano. Já na parte da noite daquele dia 25, policiais militares localizaram e detiveram um adolescente de 16 anos no Morro da Caixa d’Água após uma testemunha ter o reconhecido como autor dos disparos. No quarto dele os PMs apreenderam 11 pedras de crack, dois tabletes de maconha, oito pinos de cocaína e R$ 29,00 em espécie. Já na laje da residência foram encontrados 26 pinos de cocaína e um tablete de maconha. Na delegacia o menor foi autuado por fato análogo aos crimes de tentativa de homicídio e tráfico de drogas.

Terceiro crime
Já na tarde de quinta-feira, dia 27, uma mulher foi encontrada morta com sinais de ter sido espancada e com o corpo carbonizado. O corpo foi encontrado na localidade de Caiapó, na zona rural de Pádua. Segundo informações do 36º Batalhão de Polícia Militar, a mulher estava com sinais aparentando ter sido espancada com um pedaço de madeira e com o corpo carbonizado.

Quarto crime
E na sexta-feira, dia 28, um homem foi assassinado a tiros na Rua Antônio José de Caires, na parte alta da do bairro Cidade Nova. O Corpo de Bombeiros chegou a ir ao local, mas a vítima não resistiu. Segundo a polícia, familiares contaram que a vítima estava sozinha e seguiria para uma igreja perto de sua casa, onde os familiares o aguardavam.

Ainda segundo a polícia, os familiares disseram que da igreja ouviram os disparos e avistaram dois homens subindo a rua correndo, tomando sentido ignorado. Em seguida o filho da vítima foi até a residência e encontrou o pai caído em casa e ferido pelos disparos. Todos os casos são investigados pela 136ª Delegacia de Pádua.

VEJA MAIS

VEJA MAIS