Eleições 2020: confira os prefeitos e vereadores eleitos em Italva e Aperibé

Mais de 16 mil pessoas votaram nos dois municípios: 9.200 em Italva e 7.375 em Aperibé
Fotos: Reprodução/ redes sociais

Moradores da região foram às urnas neste domingo (15/11) para escolher os novos prefeitos e vereadores para o mandato 2021 – 2024. Em uma eleição atípica devido à pandemia do novo coronavírus, mais de 16 mil pessoas votaram em Italva e Aperibé, no Noroeste Fluminense. Em Italva, 9.200 pessoas votaram. O prefeito eleito foi Leonardo Orato Rangel, o Léo Pelanca. Junto ao vice Enilson da Silva Ferreira, ele recebeu 4.998 votos válidos (57,02%). O segundo mais votado foi Gerlindo Motoka. Léo disputou as eleições com o número 20. Já para o poder legislativo foram eleitos os vereadores Dinho Fagundes, com 697 votos, Fernando Pintor, com 516, Victor Mota, com 424, Joel Enfermeiro, com 378, Antônio Elias, com 340, Elzinho Marinho, com 324, Claudioney Mesquita, com 323, Binho da Água, com 262, e Arthur Moreno, com 238.

Ronald à esqueda e o vice Alexandre

Já em Aperibé, 7.375 pessoas votaram. Três pessoas concorreram ao cargo de prefeito, entre elas o atual prefeito, Vandelar Dias. Com 3.466 votos (49,39%), o candidato Ronald de Cássio Daibes Moreira, o Roninho, foi eleito o novo prefeito ao lado do vice Alexandre Sardinha. O segundo mais votado foi o atual prefeito, que recebeu 3.156 votos (44,98%). Para a Câmara Municipal os vereadores eleitos foram Luizinho, com 519 votos, Celio Sabiá, com 485, Luciano Batata, com 437 votos, Jhonata da Elza, com 381, João da Máquina, com 377, Pedro Paulo, com 366, Bete Fonseca, com 352 votos, Daniel Fagundes com 295, e Cristiano Maria, com 260.

VEJA MAIS

A história de Romário, o Baixinho artilheiro

Eternizado por seus gols e atuações na Copa do Mundo de 1994, quando foi campeão e eleito o melhor jogador, Romário é considerado um dos maiores centroavantes da História do futebol brasileiro e mundial

VEJA MAIS