Destruída em 2011, ponte que beneficia moradores de São S. do Alto, Santa M. Madalena e S. Fidélis é reaberta

Desde a tragédia, a ponte havia sido abandonada pelo poder público, e moradores e produtores rurais cobravam por uma obra

Imagens: prefeituras

Foi reaberta no último sábado (30/01) uma importante ponte que beneficia moradores das zonas rurais dos municípios de São Sebastião do Alto, Santa Maria Madalena e São Fidélis. Destruída durante a tragédia da Região Serrana em 2011, a ponte, que fica sobre o Rio Grande, fica na divisa entre São Sebastião do Alto e Santa Maria Madalena, na localidade de Ponte Faria, que pertence ao 3º distrito de São Sebastião. A ponte também dá acesso às localidades de Macapá e Boa Esperança, em São Fidélis.

continua após a foto

Desde a tragédia, a ponte havia sido abandonada pelo poder público, e moradores e produtores rurais cobravam por uma obra. “Só quem conhece e quem trafegou por essa ponte sabe a tamanha importância que ela tem no escoamento da produção agrícola e turística daquela região”, comentou um morador que usava a ponte. Outro usuário da construção lembrou que muitos trabalhadores, para economizar dinheiro e distância, atravessaram o rio de barco, bote e até madeiras amarradas, em uma espécie de jangada.

continua após a foto

A Prefeitura de São Sebastião do Alto refez um dos trechos destruídos, o vão que fica do lado, que pertence ao município, com aproximadamente 25 m, em estrutura de aço e concreto. Também foi feito um muro de contenção na cabeceira da ponte. Já o outro lado da ponte, de acesso ao município de Santa Maria Madalena, foi recuperado pela prefeitura daquele município. “O prefeito Nilson José determinou ao Secretário de Obras que procedesse, também, a recuperação do acesso pelo lado de Santa Maria Madalena, por entender como uma das prioridades da gestão municipal”, postou a prefeitura de Madalena. A ponte ganhou o nome de Vereador Manoel da Silva Santos. Além de moradores, representantes políticos estiveram presentes na cerimônia de reinauguração. O vice-prefeito de São Fidélis, José Willian, também esteve presente.

VEJA MAIS

VEJA MAIS