quarta-feira , 23 setembro 2020
Foto: Sandro Martins

Decreto prevê reabertura do comércio em Cordeiro a partir da próxima semana Para reabrir, os comerciantes deverão obrigatoriamente obedecer ao horário de funcionamento estabelecido no decreto, além de seguir medidas de prevenção

Para reabrir, os comerciantes deverão obrigatoriamente obedecer ao horário de funcionamento estabelecido no decreto, além de seguir medidas de prevenção

Foto: SF Notícias

O prefeito do município de Cordeiro, na Região Serrana do Rio, Luciano Batatinha, assinou nesta segunda (01/06) um decreto que, num primeiro momento, prevê a prorrogação – até às 23h59min do próximo domingo (07/06) da suspensão das atividades não essenciais. Já a partir de 00h da próxima segunda-feira (08), o novo decreto prevê o fim das restrições impostas pelo decreto anterior, permitindo o funcionamento das atividades comerciais, industriais e de serviços, respeitadas as limitações previamente estabelecidas no próprio decreto. Para reabrir, os comerciantes cordeirenses deverão obrigatoriamente obedecer ao horário de funcionamento estabelecido entre 10h e 15h, como vinha acontecendo anteriormente, exceto para os estabelecimentos considerados essenciais, que continuarão funcionando em horário regular. (continua após a publicidade)

Segundo o novo decreto, os restaurantes deverão manter o espaçamento mínimo de dois metros entre as mesas e no máximo dois clientes por mesa, evitando aglomerações e sem serviço de self service. Após o horário estabelecido pelo documento, a entrega de mercadorias deverá ser feita exclusivamente por delivery, ficando proibido o atendimento no local, inclusive para trailers, lanchonetes e congêneres. Os hotéis ficam proibidos de receber hospedagem de mais de três hóspedes, sem autorização da Vigilância. As academias poderão funcionar das 6h às 11h e de 17h às 21h. Os bares só poderão funcionar até 21h e atender com barreiras que impeçam a entrada de consumidores. Já os salões e estabelecimentos congêneres deverão atender com agendamento prévio. O uso de máscaras continua sendo obrigatório no município. Confira o decreto completo AQUI.

Mais do SFn