quinta-feira , 22 outubro 2020

CPTEC alerta para risco de tempestades em S.Fidélis, Itaocara, Pádua, Cordeiro, Friburgo e região Há condições favoráveis para a ocorrência de temporais, que podem acarretar em volumes significativos de chuva em alguns pontos. Grandes áreas de instabilidades já avançam pela Região Serrana

Há condições favoráveis para a ocorrência de temporais, que podem acarretar em volumes significativos de chuva em alguns pontos. Grandes áreas de instabilidades já avançam pela Região Serrana

Fotos: SF Notícias

Depois de vários dias quentes e secos, a chuva promete voltar com forte intensidade em alguns municípios da região. A tarde deste domingo (20/09) é de alerta para tempestades, segundo o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC). “A partir da tarde de domingo (20) haverá condições favoráveis para a ocorrência de temporais acompanhados de chuvas intensas, que poderá acarretar em volumes significativos em alguns pontos” – alerta o órgão. O aviso abrange Aperibé, Cambuci, Italva, Itaocara, Itaperuna, Miracema, Pádua, Campos, São Francisco de Itabapoana, Cardoso Moreira, Macaé, São Fidélis, Bom Jardim, Cantagalo, Cordeiro, Friburgo, Macuco, São Sebastião do Alto, Santa Maria Madalena, Duas Barras, Trajano de Moraes, entre outras cidades. (continua após a publicidade)

Neste momento grandes áreas de instabilidade, com potencial para chuvas intensas, já avançam pela Região Serrana na altura de Bom Jardim, Cordeiro e Macuco. Na divisa entre RJ e Minas Gerais, as instabilidades se aproximam de Pirapetinga e Paraoquena, em Pádua. O Instituto Nacional de Meteorologia também alerta para chuva entre 20 a 30 mm/h ou até 50 mm/dia. De acordo com a Climatempo, entre segunda, terça e quarta o estado ainda segue em alerta para temporais. “O predomínio ainda será de céu nublado nesses dias e chove em vários momentos. Grandes volumes devem ser acumulados nos primeiros dias da primavera, já que a estação já começa no dia 22 de setembro, terça-feira. Dentre estes dias, rajadas pontuais podem ser esperadas na ordem de 50 a 70 km/h. O grande volume de chuva pode provocar alagamentos” – informa o portal.

Mais do SFn