quinta-feira , 13 agosto 2020

Covid-19 e denúncias de fraudes em licitação: Witzel exonera secretário de Saúde do Rio Edmar seguirá auxiliando o Estado e vai dirigir uma comissão de notáveis no enfrentamento à pandemia do coronavírus

Edmar seguirá auxiliando o Estado e vai dirigir uma comissão de notáveis no enfrentamento à pandemia do coronavírus

Foto. divulgação

O secretário de Saúde do Rio de Janeiro, Edmar Santos, foi exonerado do cargo na manhã deste domingo (17). A decisão foi motivada por conta dos atrasos nas entregas dos hospitais de campanha e devido às denúncias de fraudes na licitação de respiradores. A Secretaria de Estado de Saúde é alvo de uma investigação do Ministério Público. No início do mês, o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) e a Polícia Civil do RJ prenderam o ex-subsecretário estadual de Saúde, Grabriell Neves e mais três pessoas, entre elas, Gustavo Borges da Silva, que substituiu Gabriell Neves no cargo. Eles foram presos em operação que investiga uma organização criminosa estruturada para obter vantagens em contratos emergenciais, com dispensa de licitação, para a aquisição de ventiladores/respiradores pulmonares necessários para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus nos hospitais do Estado.

Em nota, o Governo do Estado disse que Edmar foi exonerado por falhas na gestão de infraestrutura dos hospitais de campanha para atender as vítimas da Covid-19. Ainda segundo a nota, Edmar seguirá auxiliando o Estado e vai dirigir uma comissão de notáveis no enfrentamento à pandemia do coronavírus. O novo titular da pasta será o atual diretor-geral do Hospital Universitário Gaffrée e Guinle, Fernando Ferry. Clínico-geral e especialista em Aids, Fernando Ferry atuava como diretor-geral do Hospital Universitário Gaffrée e Guinle e foi professor associado de Clínica Médica e Aids da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio). Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UFRJ), Ferry foi professor de Histologia e Embriologia na Universidade Gama Filho, na Universidade de Barra Mansa e na UFRJ. O novo secretário também é graduado em Medicina Veterinária e Técnica Agropecuária pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). Ele é doutor e mestre em Parasitologia Veterinária também pela UFRRJ.

Mais do SFn