Clientes poderão solicitar a suspensão da entrega de uma encomenda ao destinatário, caso percebam terem sido vítimas de golpe ou se arrependam do envio por algum motivo

Correios oferece serviço de interrupção de entrega de encomenda

Fotos: SF Notícias

A partir desta semana, todos os clientes dos Correios poderão solicitar a suspensão da entrega de uma encomenda ao destinatário, caso percebam terem sido vítimas de golpe ou se arrependam do envio por algum motivo. Para isso, é preciso informar o CPF/CNPJ do remetente sempre que for postar um objeto na agência.

Feito isso, em caso da necessidade de interrupção da entrega, basta acessar o site dos Correios, informar o código de rastreamento do objeto e realizar login com CPF/CNPJ e senha do idCorreios.

Essa etapa de verificação tem o objetivo de assegurar que a interação está sendo realizada pelo remetente, pois só ele tem acesso ao comprovante. Após o registro com sucesso da solicitação no Portal Correios, a encomenda fica com o status de bloqueio. Na unidade responsável pela entrega ao destinatário, o sistema alerta aos carteiros que aquela encomenda não deve ser entregue. O objeto é, então, encaminhado para devolução ao endereço do remetente.

Funcionalidade

O serviço faz parte do projeto Entrega Interativa que tem o objetivo de permitir maior interação com os Correios durante o fluxo de entrega de encomendas. O recurso está acessível aos clientes que informarem o CPF/CNPJ no momento da postagem. Além da vantagem de realizar o rastreamento no Portal Correios, o sistema, agora, passa a classificar as informações em “Objetos postados por você” (aqueles que o cliente postou) e “Objetos postados para você” (aqueles que o cliente irá receber), desde que essa informação tenha sido passada aos Correios pelo remetente, no ato da postagem. O novo serviço, que agrega mais valor e gera maior confiabilidade junto aos usuários, está disponível em todo o território nacional.

Mais do SFn