segunda-feira , 28 setembro 2020

Corpo de adolescente que teve cabeça decapitada e jogada na rua é encontrado A cabeça do adolescente foi jogada por um homem, que estava em uma moto, no último dia 08 na “Rua da Vala”, em Guarus. Uma mulher também foi encontrada decapitada em Guarus

A cabeça do adolescente foi jogada por um homem, que estava em uma moto, no último dia 08 na “Rua da Vala”, em Guarus. Uma mulher também foi encontrada decapitada em Guarus

Foi encontrado na manhã de sábado (15/08) o corpo do adolescente Guilherme Gomes Bravo, de 17 anos, que foi decapitado em Campos. A cabeça dele havia sido jogada por um homem que estava em uma moto no último dia 08 na Rua Antônio de Castro, também conhecida como “Rua da Vala”, em Guarus. Naquele dia, moradores contaram à polícia que um motociclista jogou um saco de cimento no meio da rua, e dentro do saco havia parte de uma cabeça humana, que foi identificada como sendo a de Guilherme por familiares que viram as imagens que circularam nas redes sociais. A família do adolescente acredita que ele tenha sido morto por engano. O corpo foi encontrado na manhã de sábado (15) na estrada de Brejo Grande, também em Guarus. A família teria reconhecido o corpo pelas roupas da vítima. (continua após a publicidade)

Um dia antes da cabeça do adolescente ter sido jogada na rua, o corpo de uma mulher foi encontrado decapitado às margens da BR-101, na altura do KM 51, também em Guarus. A mulher estava com mãos e pés amarrados com fita adesiva. A cabeça, que também estava enrolada com fita adesiva, estava próxima ao corpo. A suspeita é de que a mulher tenha sido morta, e decapitada em outro local, e o corpo jogado às margens da rodovia. Os dois crimes são investigados pela 146ª Delegacia Legal de Guarus.

Mais do SFn