terça-feira , 22 setembro 2020

Comerciantes que fecharem bares à noite receberão R$ 1 mil da Prefeitura de São Sebastião do Alto Anúncio foi feito pelo prefeito Tavinho Rodrigues em um vídeo. Um decreto com novas medidas de enfrentamento ao coronavírus deve ser publicado até sexta (14).

Anúncio foi feito pelo prefeito Tavinho Rodrigues em um vídeo. Um decreto com novas medidas de enfrentamento ao coronavírus deve ser publicado até sexta (14).

Foto: Cris Isidoro

O prefeito de São Sebastião do Alto, na Região Serrana do Rio, Tavinho Rodrigues, publicou um vídeo nesta terça-feira (11/08) (veja no final da matéria) informando que a prefeitura irá tomar novas medidas de enfrentamento ao coronavírus. No vídeo, o prefeito falou do aumento de casos de Covid-19 em municípios vizinhos, como em Cambuci, Itaperuna e Itaocara. “Essa primeira onda nós conseguimos controlar, tivemos uma morte, mas na verdade nenhuma morte é aceitável” – disse, ressaltando ainda que a população contribuiu e o município conseguiu diminuir os casos de Covid-19, entretanto, Tavinho demonstrou preocupação quanto aos bares/quiosques, especialmente no período da noite. Como forma de incentivar os comerciantes destes segmentos a manter os estabelecimentos fechados no período noturno, e para amenizar prejuízos, o prefeito afirmou que os mesmos receberão R$ 1 mil. “A prefeitura vai estar dando mil reais para cada comércio que ficar fechado durante a noite, no mês. É uma forma também do comerciante não ficar sem renda” – anunciou. (continua após a publicidade)

Ainda de acordo com o prefeito, têm sido registrados casos de aglomerações até às 4 horas da manhã em bares do município. Ele disse ainda que o Governo do Estado cedeu um policial militar para ficar na Secretaria de Segurança Pública Municipal, que vai estar conversando com os comerciantes. O prefeito afirma ainda que será feito um levantamento e até sexta-feira (14/08) será publicado um decreto com as novas regras. Na última semana, o prefeito havia dito que o município estava conseguindo controlar a Covid-19 com o apoio da população, e que o município não gastou dinheiro com testes rápidos, com barreira sanitária e com higienização de ruas. “Fomos o primeiro do estado a abrir os comércios, e entre os 92 municípios somos uns dos que menos teve casos confirmados, infelizmente tivemos um óbito, mas todos os outros pacientes foram curados, mas temos que ser vigilantes, a prefeitura vai estar distribuindo novamente mais de duas mil cestas básicas contendo além dos alimentos, álcool em gel, cloro, água sanitária e máscara facial” – diz a publicação.

Mais do SFn